> >
Mulher aluga casa dela via app e encontra corpo em imóvel de Vila Velha

Mulher aluga casa dela via app e encontra corpo em imóvel de Vila Velha

Caso ocorreu na noite deste domingo (18) quando a dona da residência foi ao local conferir os pertences pessoais, após grupo que alugou a casa deixar o espaço

Publicado em 19 de fevereiro de 2024 às 11:47- Atualizado há 5 meses

Ícone - Tempo de Leitura 2min de leitura
Homem foi encontrado morto em casa alugada via aplicativo
Homem foi encontrado morto em casa alugada via aplicativo. (Ronaldo Rodrigues)

Uma mulher tomou um susto na noite deste domingo (18), após alugar um imóvel dela pelo aplicativo Airbnb. Ao entrar no local, encontrou um homem morto em um dos cômodos da residência localizada no bairro Jockey de Itaparica, em Vila Velha.

A mulher relatou que, para complementar a renda, alugou a casa para quatro pessoas. Conforme apuração da TV Gazeta, o grupo chegou ao local no início da tarde de domingo (18) e permaneceu até por volta das 20h. Nesse meio tempo, outro homem foi até o local, mas não saiu do imóvel. 

No boletim de ocorrência consta que a dona do imóvel foi ao espaço na noite deste domingo (18) conferir os pertences, após o grupo fazer checkout (deixar o espaço), e encontrou um dos homens caído no chão.

A vítima foi encontrada sem vida e estava sem camisa com hematomas na boca, braço esquerdo, tórax e perfuração na barriga. O corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado aos familiares.

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso segue sob investigação da Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha. Até o momento, nenhum suspeito foi detido e detalhes da investigação não serão divulgados, no momento.

“A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas”, destacou no texto.

A reportagem procurou a plataforma Airbnb em busca de um posicionamento sobre a ocorrência e aguarda um retorno.

Na tarde desta terça-feira (20), por meio da assessoria de imprensa, a empresa informou que "está analisando o caso e permanece à disposição para ajudar as autoridades nas investigações. A plataforma também está em contato com a anfitriã para oferecer todo o suporte necessário".

Este vídeo pode te interessar

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais