ASSINE

Militar dono de clube de tiro no ES já tirou 830 dias de licença da PM

Mesmo afastado da Polícia Militar, Marcos cumpria normalmente as funções como empresário, inclusive viajando ao Rio de Janeiro para fazer negociações com o tenente-coronel Alexandre de Almeida, preso na terça-feira

Publicado em 26/04/2019 às 18h49

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.