ASSINE

"Mata todo mundo", diz mecânico ao invadir casa da ex em Cariacica

Acusado não aceitava o fim do relacionamento. O filho da mulher, de 17 anos, acabou morto

Publicado em 26/09/2019 às 05h25
Atualizado em 26/09/2019 às 09h17
Auxiliar de lavanderia, que ficou ferida e perdeu o filho, de 17 anos, assassinado em casa na madrugada desta quinta-feira (26) em Cariacica. Crédito: Isaac Ribeiro
Auxiliar de lavanderia, que ficou ferida e perdeu o filho, de 17 anos, assassinado em casa na madrugada desta quinta-feira (26) em Cariacica. Crédito: Isaac Ribeiro

Um dos acusados de invadir a casa da ex no bairro Santa Luzia, em Cariacica, o mecânico de caminhão, Felipe Ted Christo Caleffi, de 32 anos, disse ao comparsa ao entrar na residência: "mata todo mundo". A informação é da ex dele, uma auxiliar de lavanderia, que ficou ferida e perdeu o filho, de 17 anos, assassinado no local na madrugada desta quinta-feira (26). 

O CASO

Dois homens armados com uma faca invadiram uma casa, mataram um estudante, Eric Souza Casati, 17 anos, e feriram a mãe dele, uma auxiliar de lavanderia, 32 anos, e a avó do rapaz - uma aposentada de 54 anos - na madrugada desta quinta-feira (26) no bairro Santa Luzia, em Cariacica.

Um dos acusados de invadir a residência é o ex-marido da mãe do estudante, o mecânico de caminhão Felipe Ted Christo Caleffi, de 32 anos, que não aceitou o fim do relacionamento. Eles foram casados por quatro anos, mas estavam separados há quatro meses.

Além da auxiliar de lavandeira e a mãe dela, o atual companheiro da auxiliar também foi ferido pelo mecânico. Os dois acusados conseguiram fugir. O crime é investigado pela Polícia Civil.

"MATA TODO MUNDO"

O mecânico e o comparsa pularam o muro da casa e arrombaram a porta da sala para invadir a residência. A ex estava dormindo num colchão no chão com o namorado, um cozinheiro de 32 anos, e com o filho do acusado, de 2 anos. 

Quando os dois entraram, o mecânico disse ao comparsa: mata todo mundo. O primeiro a ser esfaqueado foi o namorado da auxiliar de lavanderia. 

Com a gritaria, a aposentada acordou, foi até a sala e acabou esfaqueada nas costas. A ex-mulher entrou na frente do ex-marido e levou uma facada no braço. 

Em seguida, a dupla entrou no quarto e atingiu o adolescente com pelo menos uma facada no pescoço e outro no rosto. Após o crime, o mecânico e o comparsa pularam o muro da casa e fugiram. O menino foi socorrido pelo pai e o avô paterno ao PA de Alto Lage, onde morreu.

Mãe do estudante foi ferida com uma facada no braço. Crédito: Isaac Ribeiro
Mãe do estudante foi ferida com uma facada no braço. Crédito: Isaac Ribeiro

VELÓRIO E ENTERRO

Eric Souza Casati será velado nesta quinta-feira (26) na igreja Assembleia de Deus, no bairro Santa Luzia, em Cariacica. O horário ainda não foi confirmado pela família, pois depende da liberação do corpo pelo Departamento Médico Legal (DML). O enterro está previsto para acontecer na sexta-feira (27) no cemitério Santa Inês, em Vila Velha.

 

A Gazeta integra o

Saiba mais
cariacica

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.