ASSINE

Mais de quatro mil armas de fogo serão destruídas no Espírito Santo

Os armamentos são então encaminhados ao Exército Brasileiro depois de encerrada a investigação e quando as armas não possuem mais importância para esclarecimento jurídico

Publicado em 26/06/2019 às 18h04

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.