ASSINE

Encapuzados invadem casa e fazem família e até bebê reféns em Jaguaré

Vítimas foram amarradas e a criança acabou ferida no pé. Os suspeitos roubaram joias, celulares, televisão e um veículo. Eles fugiram, mas um acusado de 16 anos foi apreendido

Publicado em 26/09/2019 às 04h03
Atualizado em 26/09/2019 às 08h18
Delegacia de Jaguaré. Crédito: Divulgação
Delegacia de Jaguaré. Crédito: Divulgação

Até um bebê de apenas 9 meses foi feito refém durante um assalto em uma casa na localidade de São João do Estivado, na zona rural de Jaguaré, Região Norte do Estado. O crime aconteceu na tarde desta quarta-feira (25). A ação dos criminosos foi tão agressiva que chegou a machucar a criança.

Segundo a Polícia Militar, uma equipe foi acionada para seguir até a residência, onde acontecia um roubo. Toda a família foi feita refém, inclusive um menino de 13 anos e o bebê. As vítimas foram amarradas com abraçadeiras, o que acabou ferindo o pé do garotinho.

Os suspeitos estavam armados e encapuzados. Eles levaram a aliança da dona da casa, anéis, celulares, uma televisão de 42 polegadas e a todo momento perguntavam por armas de fogo. Depois que toda a família foi amarrada, a quadrilha ainda roubou um Fiat Cronos e fugiu, sentido Água Limpa.

PERSEGUIÇÃO

Duas viaturas seguiram por localidades diferentes na tentativa de cercar os bandidos. Na chegada do Córrego Palmito, os militares viram um veículo com as mesmas características do roubado na casa e começaram a acompanhá-lo. Quando o condutor do automóvel percebeu a presença da polícia, entrou na contramão e passou a andar em alta velocidade, fugindo em direção à Rodovia BR 101.

Em seguida, os policiais foram surpreendidos por uma motocicleta com dois ocupantes de capacete, que faziam a escolta do veículo roubado e começaram a atirar contra a viatura. Os militares também atiraram e alvejaram um suspeito.

SUSPEITO DETIDO

Ainda de acordo com a PM, os criminosos abandonaram a moto na lateral da BR e continuaram a fuga a pé, em meio às pastagens na lateral da rodovia. O acusado ferido foi alcançado e detido pelos policiais. No bolso dele, foram encontradas duas abraçadeiras semelhantes às usadas para render as vítimas.

A moto usada pelos suspeitos tem restrição de furto e roubo. Já o veículo roubado na casa de São João do Estivado foi abandonado nas proximidades de uma madeireira. No interior do carro foram encontradas duas tocas ninjas, uma blusa de frio e um relógio.

POLÍCIA CIVIL

Tanto o automóvel recuperado quanto a moto foram deixados à disposição do delegado. O suspeito detido tem 16 anos e, após atendimento médico, foi conduzido à Delegacia Regional de São Mateus.

Segundo a Polícia Civil, o acusado vai responder por ato infracional análogo ao crime de roubo qualificado com o emprego de grave ameaça com uso de arma de fogo e por manter a vítima em seu poder, restringindo a sua liberdade. Ele foi apresentado à Justiça.

A Gazeta integra o

Saiba mais
assalto jaguaré polícia civil

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.