ASSINE

Caixas de supermercado são presos acusados de desviar mais de R$ 340 mil

De acordo com informações da polícia, o esquema deles era passar a compra dos clientes e cancelá-las em seguida, ficando com os valores pagos

Publicado em 30/08/2018 às 08h53
Funcionários de supermercado, de uniforme azul, são presos por furto. Crédito: Mayra Bandeira
Funcionários de supermercado, de uniforme azul, são presos por furto. Crédito: Mayra Bandeira

Dois caixas de um supermercado, localizado no bairro São Francisco, em Cariacica, foram presos em flagrante nesta quarta-feira (29). De acordo com informações da polícia, eles confessaram os furtos. O esquema deles era passar a compra dos clientes e cancelá-las em seguida, ficando com os valores pagos. Desde janeiro deste ano, a dupla deu um prejuízo de mais de R$ 340 mil ao estabelecimento.

Em depoimento à polícia, o gerente do local contou que o crime foi descoberto quando, nesta quarta, uma cliente foi ao supermercado fazer a devolução de uma mercadoria. Ao verificar o cupom, constataram que a compra havia sido cancelada. Segundo o gerente, os seguranças do estabelecimento foram acionados. Após pesquisa, outros estornos foram encontrados nos caixas dos dois funcionários.

Desconfiados, após outra pesquisa, outros funcionários do supermercado viram que, desde janeiro, os estornos nos caixas dos dois eram constantes.

De acordo com o gerente, Arthur Bertholini Nascimento cancelou 704 cupons de compras e Lucas da Silva Pires, 1085. Uma auditoria será feita no local para saber o valor exato dos desvios.

DINHEIRO EM CASA

Lucas estava com R$ 2.611,00 em dinheiro e 1 dólar. O mesmo disse que era adiantamento do salário, mas o gerente desmentiu. Na 4° Delegacia Regional de Cariacica, onde confessaram o crime, os dois assumiram que em suas casas havia mais dinheiro, produto do esquema que praticavam no supermercado.

Na residência de Arthur foi encontrado R$ 40.489,10 e, na de Lucas, R$ 43.611,00.

A Gazeta integra o

Saiba mais
cariacica

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.