ASSINE

Bandido usa bloqueador de alarme para furtar objetos dentro de carros

O suspeito identificado como Diogo Nascimento da Silva, 22 anos, fez de 15 a 20 vítimas com o golpe

Publicado em 03/12/2018 às 19h36
O suspeito Diogo Nascimento da Silva, 22 anos, confessou o crime e foi preso preso preventivamente . Crédito: Divulgação/PC
O suspeito Diogo Nascimento da Silva, 22 anos, confessou o crime e foi preso preso preventivamente . Crédito: Divulgação/PC

Um bandido foi preso na tarde desta segunda-feira (03) por usar bloqueadores de alarmes para furtar objetos dentro de veículos em Linhares, no Norte do Estado.

De acordo com o delegado André Costa, o suspeito identificado como Diogo Nascimento da Silva, 22 anos, fez de 15 a 20 vítimas com o golpe.

"Este caso estava sendo investigado havia três semanas, conforme os relatos foram se repetindo na delegacia. Eram sempre veículos automotivos com características específicas e em locais específicos e movimentados", disse.

O ESQUEMA

De acordo com o delegado, o suspeito escolhia lugares onde o público que frequentava poderia guardar eventualmente no interior do veículo bens de alto valor para que ele pudesse furtar e vender.

Feito isso, ele esperava uma vítima sair do veículo e acionar o alarme na intenção de trancá-lo. Ao mesmo tempo, o suspeito utilizava um dispositivo eletrônico para bloquear o sinal emitido no controle de alarme do veículo que impedia que o carro fechasse, apesar de emitir o sinal sonoro.

Após a vítima se distanciar do carro, o criminoso entrava no veículo e subtraía todos os pertences de valor.

PRESO EM CASA

Ao ser preso dentro de sua residência, no bairro Palmital, o suspeito não reagiu e confessou os furtos. Além disso, apresentou alguns os objetos furtados como como celulares, caixa de som, tablet e até relógio avaliado em R$ 3 mil.

O delegado explicou que Diogo Silva foi preso preventivamente. "A Polícia Civil ofereceu uma representação de prisão preventiva contra ele e foi dado o comprimento na data de hoje, tanto a prisão quanto da busca e apreensão feita na casa dele, onde nós localizamos diversos produtos. Ele vai ser indiciado por todos os crimes que cometeu e é bem provável que outras vítimas também procurarem a delegacia", disse. 

Para tentar evitar que que mais casos aconteçam, o delegado deu dicas de como o motorista pode se prevenir.

"É importante em primeiro lugar não deixar pertences de valor no interior do veículo e, uma vez ao desembarcar do carro e promover o acionamento do controle remoto automotivo, que se faça também a conferência para ver se ele realmente foi trancado", finalizou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
linhares linhares

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.