ASSINE

Morre Plínio Marchini, um dos primeiros diretores da TV Gazeta

Jornalista morava em Cabo Frio, no Rio de Janeiro, e teve passagens pela CBN, TV Globo e Jornal do Brasil. Ele foi fundamental na criação da TV Gazeta e no desenvolvimento de A Gazeta

Vitória
Publicado em 26/05/2022 às 23h26

Morreu, nesta quinta-feira (26), aos 86 anos, o renomado jornalista Plínio Marchini, que teve três passagens pela Rede Gazeta e foi fundamental na criação da TV Gazeta e no desenvolvimento do jornal A Gazeta.

Junto a Cariê Lindenberg e Nelson Bonfante, Plínio foi fundador da TV Gazeta. Em 1988, voltou à Rede Gazeta como diretor comercial da empresa, e, depois, pela terceira vez, como diretor de A Gazeta. Antes de chegar à Rede Gazeta, passou por O Diário. Ao longo da carreira, foi diretor do Jornal do Brasil e da TV Globo em São Paulo. Participou ainda da fundação da Central Brasileira de Notícias (Rede CBN), e também foi diretor da rede paranaense RPC.

Nascido em 22 de fevereiro 1936 na cidade de Jerônimo Monteiro, no Espírito Santo. Plínio morava em Cabo Frio, no Rio de Janeiro. Segundo informações de familiares, ele já vinha apresentando quadro delicado de saúde, e o corpo dele será cremado em Vitória, no próximo fim de semana.

Plínio Marchini, um dos fundadores da TV Gazeta
Plínio Marchini, um dos fundadores da TV Gazeta. Crédito: Arquivo

Em contato com a reportagem, o filho, Plínio Marchini, afirmou que o pai estava com a saúde debilitada há um tempo.

Plínio Marchini

Filho

"Meu pai foi uma pessoa de bom caráter, muito trabalhador, brilhante. Sempre fez tudo com determinação"

Colega de Plínio e também fundamental na fundação da TV Gazeta, Adinalte João Beltrame, o Valtinho, comentou que o jornalista era honesto e trabalhador

Valtinho

Contador

"Fundamos juntos a televisão em 1976. Ele saiu da Gazeta foi para a TV Globo. Trabalhamos muitos anos juntos. Ele foi um dos fundadores, foi o homem de ponta na época. Era um amigo. Sempre tivemos um bom relacionamento, era um parceiro. Deixa muita saudades. Era um cara honesto e trabalhador"

Em nota de pesar, a Rede Gazeta lamentou o falecimento do jornalista e lembrou o legado deixado por Plínio.

Este vídeo pode te interessar

A Rede Gazeta lamenta o falecimento do jornalista e publicitário Plínio Marchini. Dono de um olhar visionário e de verdadeira paixão pelo mundo da comunicação, Plínio foi, ao lado de Cariê Lindenberg, um dos fundadores e primeiro diretor comercial da TV Gazeta, e ao longo de sua carreira teve três passagens pelo grupo, atuando também no jornal A Gazeta. Além disso, construiu uma brilhante carreira em outros veículos do país e no Sistema Globo de Rádios, onde fundou a Rádio CBN. Dedicado ao ofício, Plínio passou pela mídia impressa, pela TV, pelas rádios e internet, e deixa um legado de apreço pelo jornalismo profissional e pela democracia.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.