Festa da Penha completa 450 anos de história e lança selo comemorativo

Toda a divulgação da festividade vai contar com o novo selo. Além disso, camisas, terços e canecas vão ser estampados com esta marca

Publicado em 03/04/2020 às 17h20
Atualizado em 03/04/2020 às 17h20
Neste ano, devido a pandemia do coronavírus, a Festa da Penha ganhou um formato virtual
Neste ano, devido a pandemia do coronavírus, a Festa da Penha ganhou um formato virtual. Crédito: Acervo Rede Gazeta/Fabiano Mazzini

Neste ano, a Festa da Penha, a maior manifestação religiosa do Espírito Santo, completa 450 anos de existência. Esse é um marco que é motivo de orgulho para todos os capixabas, já que a homenagem à Virgem está associada à identidade, cultura e história do Estado. Para registrar essa data emblemática, um selo comemorativo foi criado e estará estampado nas peças da festividade.

Camisas, terços e canecas são alguns dos artigos que terão o selo comemorativo. Em uma parceria com os Correios, o selo da Festa da Penha também estará disponível como selo postal. Além disso, todas as peças de divulgação para realização da edição deste ano também vão contar com esta marca.

O selo é uma homenagem aos 450 anos que a Festa da Penha completa nesta edição
O selo é uma homenagem aos 450 anos que a Festa da Penha completa nesta edição. Crédito: Divulgação

O símbolo foi lançado em setembro do ano passado e remete ao Santo Rosário, fiel companheiro das preces e caminhadas dos devotos e que representa a união, fé e devoção dos capixabas. Na fé cristã, o Santo Rosário é considerado a oração perfeita. Com ele, o fiel reflete sobre os mistérios de gozo, dor, glória e luz de Jesus e Maria.

Segundos os ensinamentos cristãos, a oração, em casa ou na igreja, a qualquer hora do dia, é um tempo de paz e serenidade, que distrai das preocupações diárias. É um momento de intimidade com a Misericórdia Divina.

Com o Rosário, os católicos meditam sobre a peregrinação que Jesus fez por este mundo, unidos pelo fio da fé.

Festa da Penha

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.