ASSINE

Começa a montagem dos camarotes para o Carnaval de Vitória no Sambão

Nesta semana, mesmo debaixo de chuva, operários iniciaram a montagem das estruturas que vão formar a passarela do samba no Sambão do Povo, em Vitória. Na semana que vem, haverá interdições e o trânsito vai sofrer modificações na região

Publicado em 05/12/2019 às 11h19
Estruturas metálicas de camarotes já começaram a ser montadas no Sambão do Povo (04/12/2019). Crédito: José Carlos Schaeffer
Estruturas metálicas de camarotes já começaram a ser montadas no Sambão do Povo (04/12/2019). Crédito: José Carlos Schaeffer

Faltando mais de dois meses para o desfile das agremiações, o Sambão do Povo já começou a receber as primeiras intervenções para o Carnaval de Vitória 2020. Nesta semana, mesmo debaixo de chuva, operários iniciaram a montagem das estruturas que vão formar a passarela do samba para as escolas que vão entrar na avenida nos dias 13, 14 e 15 de fevereiro do ano que vem.

Os trabalhos foram iniciados pelas estruturas metálicas dos camarotes no início do Sambão do Povo. Segundo o presidente da Liga Independente das Escolas de Samba do Grupo Especial (Liesge), Edvaldo Teixeira, a montagem faz parte do cronograma da organização dos desfiles.

"Começamos pelas estruturas metálicas do camarote e depois vamos dando sequência ao restante. Está no nosso cronograma. Assim como nos últimos anos, iniciamos a montagem ainda no mês de dezembro", disse.

Este vídeo pode te interessar

De acordo com a Secretaria de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana de Vitória (Setran), o início da montagem ainda não compromete o trânsito local. No entanto, a partir da próxima semana, o órgão avisa que será necessário interditar algumas vias para garantir a segurança das pessoas. No entanto, ainda não há informações sobre como vai ficar o trânsito na região.

A Gazeta integra o

Saiba mais
carnaval de vitoria escolas de samba sambão do povo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.