ASSINE

"Cada lâmpada é uma Ave-Maria", explica frade sobre Santa Iluminada

São 120 mil lâmpadas cobrindo a estátua de 15 metros de altura que foram acesas neste sábado (04)

Publicado em 04/04/2020 às 19h50
Atualizado em 04/04/2020 às 20h36
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória . Crédito: Diony Silva/TV Gazeta

Em cada ponto de luz, uma oração. São 120 mil microlâmpadas que cobrem nas cores rosa, azul e branco a imagem de Nossa Senhora da Penha, no centro da Praça do Papa, em Vitória. A homenagem foi acesa na noite deste sábado (04), iniciando a programação da Festa da Penha 2020.

“Imagine que cada lâmpada é uma Ave-Maria que o devoto reza para Nossa Senhora”, diz o Frei Paulo Pereira, guardião do Convento da Penha e membro da Comissão Organizadora da Festa da Penha. A simbologia feita pelo religioso deve-se ao fato de que neste ano todo o roteiro será online, sem a presença do público, devido à pandemia do coronavírus.

Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa

Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória . Diony Silva/TV Gazeta
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória . Diony Silva/TV Gazeta
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória . Diony Silva/TV Gazeta
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória . Diony Silva/TV Gazeta
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória . Diony Silva/TV Gazeta
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória . Diony Silva/TV Gazeta
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória . Diony Silva/TV Gazeta
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória . Diony Silva/TV Gazeta
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória . Diony Silva/TV Gazeta
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória . Diony Silva/TV Gazeta
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória . Diony Silva/TV Gazeta
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória
Nossa Senhora da Penha iluminada na Praça do Papa, em Vitória

Com 15 metros de altura, a Santa Iluminada está localizada na já simbólica Praça do Papa. “Vivemos um momento de trevas e por isso precisamos de luz. A ideia é que a santa esteja no centro da nossa capital, pois Nossa Senhora da Penha é padroeira do estado inteiro e, assim, todos os municípios serão representados”, destacou o frei.

É a segunda edição da Santa Iluminada no Espírito Santo. Ao fundo da estátua, é possível ver o Convento de Nossa Senhora da Penha, em Vila Velha, beleza que a geografia capixaba proporcionou.

“Confesso que não é uma ideia original nossa, pois há uma imagem iluminada no Círio de Nazaré, em Belém. Mas aqui tem características próprias que são as cores rosa, branco e azul das vestes de Nossa Senhora da Penha e o privilégio de ver o Convento ao fundo”, ressalta Frei Paulo.

O evento de abertura de ligar as lâmpadas da Santa Iluminada não foi divulgado para evitar que pessoas se aglomerassem ao redor da estátua, atendendo às recomendações dos órgãos de saúde pública no combate à transmissão do Coronavírus. Toda a programação da festa terá transmissão nas redes sociais demais meios de comunicação.

"Vamos oferecer imagens desta cena em fotografias e filmagens com drones para que os devotos não precisem ir até ela. Também teremos imagens ao vivo pela internet para que as pessoas rezem conosco de casa, que cada um seja iluminado pela santa”, descreveu Frei Paulo.

A Santa Iluminada ficará exposta de 04 a 20 de abril. É o primeiro ano que a data de festejos à padroeira do Espírito Santo, no oitavo dia após o Domingo de Páscoa, será feriado estadual. O decreto foi assinado em 2019 pelo governador Renato Casagrande.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.