ASSINE
Oferecimento:
Modo de Visualização:

Cachorro do Porto de Capuaba ganha colete de segurança

Alemão vive no Porto de Capuaba há mais de um ano e meio. Funcionários buscam um lar para o cachorro, que está disponível para adoção

Publicado em 03/09/2019 às 20h57
Alemão, o cachorro do Porto de Capuaba, foi presenteado com um colete de segurança. Crédito: Reprodução Instagram
Alemão, o cachorro do Porto de Capuaba, foi presenteado com um colete de segurança. Crédito: Reprodução Instagram

O cachorro mais famoso do Porto de Capuaba, o Alemão, apareceu desfilando um novo look pelos terminais. Assim como os funcionários do local, agora ele possui seu próprio de segurança. 

O colete, que é um equipamento usado para proteção individual, principalmente em ambientes com pouca visibilidade, permite que o usuário seja visto a uma distância de até 300 metros.

Alemão mora há mais de um ano e meio no Porto de Capuaba, em Vila Velha. Assim como outros cães, ele vive pelos terminais portuários, até porque a área é grande e difícil de ser controlada por completo pelos responsáveis. Indo e vindo pela redondeza, o cachorrinho quase albino, característica que motivou o nome escolhido pela Guarda Portuária, sempre volta para o Porto.

Apesar do Alemão considerar o lugar como casa, a área portuária não é adequado para animais. Por isso, ele precisa de um lar e está disponível para a adoção.

"A Codesa já realizou ações de encaminhamento dos cães, especialmente para castração, vacinação e vermifugação visando adoção", disse a Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa), responsável pelo porto. 

Segundo os funcionários que tomam conta do cachorro, apesar do porte grande, ele é dócil e sempre acaba em desvantagem nas brincadeiras com cães menores. Além disso, Alemão é muito esperto e carinhoso.

Quem tiver interesse em dar um abrigo para o alemão pode entrar em contato pelo Instagram do cachorro @alemaodoporto. Lá também é possível conferir fotos do dia a dia do animal e a amizade com os portuários.

 

A Gazeta integra o

Saiba mais
adoção cachorro

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.