ASSINE

Abastecimento volta ao normal hoje em 42 bairros, diz Cesan

Adutora foi consertada; a água começou a voltar ontem, mas de forma gradativa

Publicado em 25/07/2019 às 22h35
Os trabalhos de solda para reparar o furo na adutora duraram duas horas e meia. Cratera será fechada hoje. Crédito: Ricardo Medeiros
Os trabalhos de solda para reparar o furo na adutora duraram duas horas e meia. Cratera será fechada hoje. Crédito: Ricardo Medeiros

A adutora que se rompeu e causou a interrupção no abastecimento de água para mais de 188 mil pessoas, moradoras de 34 bairros de Vitória, seis de Vila Velha, e dois de Cariacica, passou por reparo feito por equipes da Companhia Espírito-santense de Saneamento (Cesan) ontem. Por volta das 16h30, os serviços foram concluídos e o sistema voltou a abastecer as regiões afetadas. Segundo a Cesan, o funcionamento normal da rede será restabelecido, gradativamente, até a tarde de hoje.

A previsão da Cesan é de fechar hoje a cratera aberta no centro de Vitória para localizar a adutora.

Tudo foi provocado por um furo na parte inferior da tubulação, no trecho do bairro São Torquato, em Vila Velha, e isso fez com que a Cesan interrompesse o fornecimento de água ainda na noite de quarta-feira (24). Com a paralisação, muitas pessoas ficaram sem abastecimento ontem durante todo o dia.

No bairro Mário Cypreste, em Vitória, a dona de casa Isabel Costa, 52, teve que esperar o retorno da água para lavar roupas e utensílios de cozinha. “Eu não sabia que iria faltar água, então ficou tudo aí. A pia está cheia de vasilhas, até o teto, e eu não tenho como lavar”.

Morador do bairro Ilha de Santa Maria, o aposentado Gerson Vieira, 67, que possui casas de aluguel, disse que ele e os inquilinos ficaram prejudicados por conta da falta de água. “Bastante problemático. Prejudicou os inquilinos porque a caixa esvaziou cedo”, explicou.

O empresário Pedro Pereira, 49, ficou preocupado com a situação: além de ter uma filha recém-nascida e uma sogra idosa precisando de cuidados em casa, ele estava fazendo obras em casa. “Eu estou em obra na minha residência e na minha empresa. Não tenho como trabalhar sem água”, relatou.

Outro que teve transtornos foi o autônomo Delani Nascimento, 56, morador de São Torquato. “Estamos sem água desde 11 horas da manhã de hoje (ontem). Lá em casa tá tudo parado e nós vamos nos virando”, disse.

Segundo o diretor operacional da Cesan, Rodolpho Có, os funcionários conseguiram identificar o furo na adutora no início da tarde de ontem. Os trabalhos de solda foram iniciados por volta de 14h, e às 16h30 o serviço foi concluído. Por nota, a Cesan disse que o sistema voltou a funcionar ontem e que o abastecimento seria restabelecido, gradativamente, em até 24 horas.

BAIRROS ATINGIDOS

VITÓRIA

Santa Cecília

Santos Dumont

Ariovaldo Favalessa

Caratoíra

Consolação

Forte São João

Monte Belo

Barro Vermelho

Bento Ferreira

Bonfim

Conquista

Da Penha

Do Cruzamento

Enseada do Suá

Fradinhos

Gurigica

Ilha do Boi

Ilha do Frade

Ilha do Príncipe

Ilha de Santa Maria

Itararé

Jesus de Nazareth

Joana Darc

Maruípe

Praia do Canto

Praia do Suá

Resistência

Santa Helena

Santa Lúcia

Santa Luíza

Santa Martha

São Benedito

Sao Cristóvão

Tabuazeiro

VILA VELHA

Chácara do Conde

Cobi de Baixo

Cobi de Cima

Paul

Sagrada Família

São Torquato

Cariacica

Jardim América

Vasco da Gama

A Gazeta integra o

Saiba mais
água Cesan

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.