ASSINE

"A gente é ser humano, e não bicho", desabafa mãe no PA de Alto Lage

Cerca de 20 crianças estão no local acompanhadas dos pais, que reclamam sobre a falta de médicos após cinco pediatras pedirem demissão

Publicado em 03/05/2019 às 10h53
Pais reclamam sobre falta de atendimento no PA de Alto Lage em Cariacica. Crédito: Vitor Jubini
Pais reclamam sobre falta de atendimento no PA de Alto Lage em Cariacica. Crédito: Vitor Jubini

Cerca de 20 crianças acompanhadas dos pais estiveram em frente ao Pronto Atendimento de Alto Lage, em Cariacica, esperando atendimento, nesta sexta-feira (3). Os familiares ameaçaram protestar contra a situação após o setor pediátrico do PA  amanhecer fechado depois de cinco pediatras pedirem demissão alegando más condições de trabalho, segundo o Sindicato dos Médicos do Espírito Santo (Simes).

Os pais permanecem em frente ao PA mesmo com um cartaz informando sobre o não funcionamento da pediatria das 7h às 19h desta sexta-feira. A prefeitura afirmou que o atendimento noturno está mantido. A dona de casa Vancleia Araújo esteve no local com os dois filhos, de 8 e 3 anos, e contou que eles estão passando mal há três dias.

desabafo da mãe

Eles (filhos) estão passando mal há três dias, com muita dor de cabeça e diarreia, dores na barriga, vômito. Não estou suportando mais ver meus filhos passando mal, eles estão pálidos, não estão comendo. A gente é ser humano, e não bicho. É uma humilhação isso

Pais reclamam sobre falta de atendimento; Veja

O CASO

Após cinco médicos pediatras pedirem demissão, o setor pediátrico do Pronto Atendimento de Alto Lage, em Cariacica, esteve fechado na manhã desta desta sexta-feira (3). Um aviso no portão dizia que o funcionamento permaneceria interrompido no plantão diurno, das 7h às 19h.

De acordo com informações da secretária de Saúde do município, Elizabeth Albuquerque, cinco pediatras pediram demissão na última semana. Apesar disso, o plantão noturno está mantido e deve contar com quatro médicos.

De acordo com informações da equipe de reportagem da Rádio CBN Vitória, alguns pais esperavam um retorno em frente ao PA. Uma das mães que esteve no local é dona de casa Sandra Sousa e o filho de um ano e 11 meses, que está com infecção de ouvido.

Setor infantil do Pronto Atendimento de Alto Lage fechada na manhã desta sexta (03). Crédito: Internauta | Gazeta Online
Setor infantil do Pronto Atendimento de Alto Lage fechada na manhã desta sexta (03). Crédito: Internauta | Gazeta Online

O QUE DIZ A PREFEITURA

Por nota, a secretaria orientou a população que procurasse os PAs de Bela Vista e Nova Rosa da Penha, que funciona até as 17h. A secretária reforça que foram convocados 29 pediatras para atender o PA do trevo, os profissionais têm até dia 7 de maio para entregarem a documentação para efetivar a contratação.

"SITUAÇÃO ANUNCIADA"

O presidente do Sindicato dos Médicos do Espírito Santo (Simes), Otto Baptista, afirmou que os pedidos de demissão foram uma "situação anunciada". Ele disse que as condições de trabalho no PA são complicadas para o profissional e, além de excesso de trabalho, não há expectativa de efetivação, o que também motivou os pedidos de demissão.

"O PA do Trevo (Alto Lage) tem uma estrutura gigantesca, mas as condições internas não atendem a demanda aumentada do município e quem está na linha de frente é o médico, que pega essa sobrecarga de trabalho. Há superlotação e, por isso, uma pressão enorme em cima do profissional, além da sobrecarga de trabalho, por conta de escalas furadas. A população faz uma pressão contra o médico, há violência física, psíquica, moral, contratos precarizados sem expectativa de efetivar, todo esse contexto", explica o presidentes do Simes.

Com informações de Caique Verli 

A Gazeta integra o

Saiba mais
alto lage cariacica

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.