ASSINE

Saiba usar o aplicativo Caixa Tem para pagar contas com os R$ 600

Como o pagamento está sendo feito de forma digital, ainda não é possível retirar o valor nas agências bancárias. É preciso utilizar um aplicativo para ter acesso ao dinheiro

Publicado em 16/04/2020 às 18h07
Aplicativo da Caixa para o auxílio emergencial
Para conseguir utilizar o aplicativo, o beneficiário já precisa ser cadastrado no Auxílio Emergencial do governo. Crédito: Marcelo Casal/Agência Brasil

O governo federal anunciou o pagamento de um auxílio de R$ 600 para trabalhadores informais que perderam renda com o coronavírus, desempregados e quem recebe Bolsa Família. No entanto, nem todas as pessoas beneficiadas pelo que está sendo chamado de “coronavoucher” vão conseguir sacar os valores nas agências bancárias e precisarão utilizar um aplicativo para ter acesso ao dinheiro.

Segundo a Caixa, o dinheiro poderá ser enviado para a conta-poupança que a pessoa tiver na Caixa, enviado para uma conta do Banco do Brasil, ou ainda – para quem não tem conta nessas duas instituições bancárias – ser depositado em uma conta poupança digital, que será aberta gratuitamente.

Nos casos em que a pessoa não tem conta em banco, ela deverá utilizar o aplicativo Caixa Tem, que pode ser baixado nos smartphones por meio das lojas Google Play e App Store. O download não tem qualquer custo para o usuário.

Segundo a Caixa, por meio dele também será possível consultar o FGTS, PIS, Bolsa Família, entre outros serviços.

VEJA O PASSO A PASSO PARA USAR O APLICATIVO

Importante: Antes de baixar o aplicativo é necessário ter em mãos um código informado pela Caixa. Esse código é gerado ao fazer o cadastro para receber o auxílio emergencial ou ao consultar o andamento da solicitação. Como ele tem um prazo para ser utilizado, o beneficiário pode gerar quantos códigos forem necessários.

Tendo o código em mãos, a primeira coisa é encontrar o aplicativo na loja do sistema operacional. A imagem do aplicativo é esta:

Tela do Caixa Tem para utilizar os R$ 600 pagos pelo governo federal
Tela do Caixa Tem para utilizar os R$ 600 pagos pelo governo federal. Crédito: Reprodução Caixa

Após fazer o download, vai abrir uma tela em que a pessoa deve clicar em “SOU BENEFICIÁRIO”,

Tela do Caixa Tem para utilizar os R$ 600 pagos pelo governo federal
Tela do Caixa Tem para utilizar os R$ 600 pagos pelo governo federal. Crédito: Reprodução Caixa

Na sequência, é solicitado que o beneficiário informe os números do CPF e depois aperte em “CONTINUAR”.

Tela do Caixa Tem para utilizar os R$ 600 pagos pelo governo federal
Tela do Caixa Tem para utilizar os R$ 600 pagos pelo governo federal. Crédito: Reprodução Caixa

Quem não tem direito ao benefício não conseguirá ir adiante.

Já quem tem direito irá precisar do código fornecido pela Caixa. Ele chega para o usuário por mensagem de texto. A mensagem é a seguinte “Auxílio: Seu código é XXXXXX, válido até XX/04/2020. Não compartilhe”.

Quem já utiliza outros serviços da Caixa por meio de aplicativos, como o FGTS ou Habitação, pode utilizar o mesmo login e senha de acesso. Quem não utiliza, vai precisar criar uma senha.

Basta preencher as informações pessoais que forem sendo solicitadas pelo aplicativo. Entre as informações necessárias estão número do CPF, e-mail e data de nascimento. Também é necessário escolher uma senha. Ela não pode ter mais do que dois números em sequência (1 e 2, por exemplo), nem ser a data do aniversário do beneficiário.

Feito o cadastro é preciso sair do aplicativo Caixa Tem, ir até o e-mail que foi cadastrado e clicar no link enviado para confirmar as informações.

Depois dessa parte é preciso retornar ao aplicativo Caixa Tem, digitar a senha, CPF, número de celular e o CEP do beneficiário. Passado todo este processo, a pessoa chegará na página principal do aplicativo, onde encontra as opções “Auxílio Emergencial”, “Transferir Dinheiro”, Extrato”, “Realizar pagamentos”, entre outras opções.

Tela do Caixa Tem para utilizar os R$ 600 pagos pelo governo federal
Tela do Caixa Tem para utilizar os R$ 600 pagos pelo governo federal. Crédito: Reprodução Caixa

Por meio desta tela é que o usuário conseguirá utilizar o dinheiro depositado de forma virtual. Vale destacar que a Caixa também irá liberar o saque do dinheiro nas agências a partir do dia 27 de abril.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.