ASSINE

Procurador tira dúvidas sobre a nova Previdência dos servidores do ES

O procurador-geral do Estado, Rodrigo de Paula, fala sobre as mudanças aprovadas nesta terça-feira (17) na Assembleia e que vão começar a valer no dia 1° de julho

Publicado em 18/12/2019 às 09h49

Após aprovar a idade mínima para a aposentadoria e o aumento da alíquota de 11% para 14% , a Assembleia também votou a favor das regras de transição que vão atingir os atuais servidores do Espírito Santo. O projeto que teve a análise concluída nesta terça-feira (17) e que vai para sanção do governador Renato Casagrande também muda o cálculo do benefício e as normas para concessão de pensões. O procurador-geral do Estado, Rodrigo de Paula, tira as dúvidas dos usuários de A Gazeta sobre as mudanças no Regime Próprio estadual.

A Gazeta integra o

Saiba mais
ipajm (instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Espírito Santo) previdência reforma da previdência servidores Previdência do es

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.