ASSINE

ES pode perder R$ 35 milhões por mês com mudança de ICMS dos combustíveis

Proposta do presidente da Câmara, Arthur Lira, prevê que preço de referência usado no cálculo do imposto seja apurado em um período de dois anos. Atualmente é feito a cada 15 dias

Publicado em 11/10/2021 às 02h01

Para ler essa matéria, junte-se a nós!

Conteúdo exclusivo para assinantes

R$ 1,99

* nos 6 primeiros meses. Depois pague R$ 19,90

Você pode cancelar quando quiser

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.