Desoneração da folha: veja como votaram os deputados e senadores do ES

Congresso derrubou veto do presidente Jair Bolsonaro e garantiu que o incentivo tributário para empresas de 17 setores, que terminaria em dezembro, continue até 2021

Vitória
Publicado em 04/11/2020 às 18h03
Atualizado em 04/11/2020 às 21h14
Sessão remota do Senado selou a derrubada do veto à desoneração da folha nesta quarta (3)
Sessão remota do Senado selou a derrubada do veto à desoneração da folha nesta quarta (3). Crédito: Jefferson Rudy/Agência Senado

Congresso Nacional aprovou na tarde desta quarta-feira (4) a derrubada do veto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) à extensão da desoneração da folha de pagamento. Em sessões separadas por causa da pandemia do coronavírus, parlamentares da Câmara e do Senado resgataram o texto original, aprovado em junho, que prevê que o incentivo tributário, que terminaria em 31 de dezembro, seja prorrogado até 2021 para 17 setores da economia.

Estão incluídas neste grupo empresas de construção civil, call center e transporte coletivo, por exemplo, segmentos grandes empregadores no país. Juntos, os 17 setores empregam 6 milhões de pessoas no país. O incentivo tributário, adotado no governo Dilma Rousseff (PT), permite que empresas possam contribuir com um percentual que varia de 1% a 4,5% sobre o faturamento bruto, em vez de 20% sobre a remuneração dos funcionários para a Previdência Social

Na Câmara, votaram a favor da derrubada do veto 430 deputados, sendo apenas 133 contrários. Já no Senado, o veto foi derrubado por 64 votos e apenas 2 votos contrários. O voto "não" é para não manter o texto como foi sancionado pelo presidente, derrubando os vetos acordados entre os líderes. Já o "sim" era para manter o texto como estava.

Entre os parlamentares da bancada federal capixaba, todos votaram pela derrubada do veto, ou seja, pela não manutenção do texto. Veja abaixo:

COMO VOTARAM OS DEPUTADOS DO ES

Bancada capixaba na Câmara dos Deputados
Bancada capixaba na Câmara dos Deputados. Crédito: Montagem
  • Amaro Neto (Republicanos) - Não
  • Da Vitória (Cidadania) - Não
  • Dra. Soraya Manato (PSL) - Não
  • Evair de Melo (PP) - Não
  • Helder Salomão (PT) - Não
  • Lauriete (PSC) - Não
  • Norma Ayub (DEM) - Não
  • Sergio Vidigal (PDT) - Não
  • Ted Conti (PSB) - Não

COMO VOTARAM OS SENADORES DO ES

Senadores capixabas: Fabiano Contarato, Rose de Freitas e Marcos do Val
Senadores capixabas: Fabiano Contarato, Rose de Freitas e Marcos do Val. Crédito: Agência Senado
  • Fabiano Contarato (Rede) - Não
  • Marcos do Val (Podemos) -  Não
  • Rose de Freitas (Sem partido) -  Não

VEJA QUAIS OS 17 SETORES BENEFICIADOS

  • Calçados; 
  • Call Center; 
  • Comunicação; 
  • Confecção/vestuário; 
  • Construção civil; 
  • Empresas de construção e obras de infraestrutura; 
  • Couro; 
  • Fabricação de veículos e carrocerias; 
  • Máquinas e equipamentos; 
  • Proteína animal; 
  • Têxtil; 
  • Tecnologia de Informação (TI); 
  • Tecnologia de Comunicação (TIC); 
  • Projetos de circuitos integrados; 
  • Transporte metroferroviário de passageiros; 
  • Transporte rodoviário coletivo;
  • Transporte rodoviário de cargas.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.