> >
Saiba como adotar e ajudar cães resgatados de canil clandestino em Viana

Saiba como adotar e ajudar cães resgatados de canil clandestino em Viana

Os mais de 190 cachorros de raça estavam em local sem autorização; parte deles já ganhou um novo lar, mas ainda há muitos precisando de cuidados e carinho

Publicado em 10 de julho de 2024 às 13:31- Atualizado há 3 dias

Ícone - Tempo de Leitura 3min de leitura

O caso dos mais de 190 cachorros de raça em situação de maus-tratos resgatados de um canil clandestino em Viana chamou a atenção na última semana. Os animais foram acolhidos em lares temporários, e parte deles já começou a ser adotada. Entenda, abaixo, como fazer para levar um novo amigo para casa, e também como ajudar as organizações que estão cuidando dos pets, já que muitos precisam de tratamento, principalmente por problemas na pele e nos olhos. 

Como adotar

  • Os cães disponíveis para a adoção estão sendo divulgados nos seguintes perfis do Instagram: @anjos4patas1 e @jujudog.vix
  • Se você viu a foto e se interessou por algum, deve mandar mensagem para o WhatsApp da Organização não governamental (Ong) Anjos 4 Patas, no número (27) 99920-3161 ou para o contato da Ana Sutil, da Sociedade Protetora dos Animais do Espírito Santo, no número (27) 99991-5871

Exigências

  • Para adotar um dos cães, você precisa se comprometer a custear a castração solidária dele (R$ 350) e a colocação de chip de identificação (R$ 50). Esses procedimentos estão sendo feitos em duas clínicas selecionadas pelas protetoras que estão organizando as doações, e funcionam em Vitória e Vila Velha. 
  • Atenção: nenhuma delas pede o dinheiro desses procedimentos por telefone ou via Pix. Elas marcam com você na clínica, e o pagamento é feito diretamente ao estabelecimento. Se alguém pedir o dinheiro antes, em troca de cachorro, trata-se de um golpe!
  • Se o novo tutor já tiver outros cachorros em casa, é necessário enviar foto da carteira de vacinação deles atualizada. O animal que a pessoa já tiver também precisa ser castrado. 
  • No momento de pegar o cãozinho, na clínica, é preciso levar comprovante de residência e identidade. 

Cães resgatados em local clandestino em Viana disponíveis para adoção(Instagram @anjos4patas1)

Quais animais estão disponíveis

  • Alguns animais já foram adotados, principalmente filhotes. Atualmente, estão disponíveis cachorros adultos e matrizes (aqueles cães usados para procriação), sobretudo da raça shih-tzu. 

Como ajudar

Se você quer ajudar de outra forma, sem ser através da adoção, também é possível fazer doações via Pix para o número 27996505635 (Maria Izabel Meleipe - é o da Juju Dog). Esse é o único número que está recebendo dinheiro para as despesas com os cães, que são muitas. 

"Estamos precisando de vermífugo, remédio para coceira, colírio, shampoo, caminhas, ração. As doações em dinheiro estão centralizadas no Pix da Juju Dog", explicou Dil Cea Rocha, da Ong Anjos 4 Patas. 

Relembre o resgate

Canil clandestino é descoberto em Viana com 145 cães de raça (Divulgação | PM Ambiental)

Um canil irregular foi flagrado na zona rural de Viana, no último dia 3, com 192 cães, a maioria de raça, em um ambiente pequeno e com fezes. Os animais estavam com lesões na pele, otite e úlceras no olho, além de não possuírem carteira de vacinação, estarem sujos e com pelagem excessiva. 

No sítio havia dois homens. Os agentes entraram na propriedade e encontraram os animais em condições notórias de maus-tratos: eles estavam com lesões não tratadas e contaminados por parasitas. Também havia armazenamento inadequado de seringa e medicamentos injetáveis no espaço. Um dos responsáveis disse que os cães não recebiam acompanhamento veterinário.

Um dos donos foi preso, autuado em flagrante por maus tratos a animais domésticos e também pelo crime de manter em cativeiro uma espécie da fauna silvestre sem autorização. 

No dia seguinte, a Sociedade Protetora dos Animais do Espírito Santo e a CPI dos Maus-Tratos foi ao local, acompanhada da Prefeitura de Viana, e os cães foram retirados de lá, sendo encaminhados para lares temporários. Na ocasião, 12 deles precisaram de tratamento mais intensivo. Nesta quarta-feira (10), a protetora Dil Cea informou que não havia mais nenhum internado. 

Saiba como adotar e ajudar cães resgatados de canil clandestino em Viana

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

Tags:

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais