ASSINE

Guarda de Vitória vai usar bafômetro que capta odor sem encostar a boca

Equipamentos serão usados a partir desta semana em operações para fiscalizar embriaguez ao volante

Publicado em 25/02/2021 às 12h52
Atualizado em 25/02/2021 às 20h35
Novo etilômetro capta odor de álcool no ar sem precisar encostar a boca
Novo etilômetro capta odor de álcool no ar sem precisar encostar a boca. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

A Guarda Municipal de Vitória vai contar, a partir desta semana, com o uso de etilômetros, popularmente conhecidos como bafômetros, em operações para fiscalizar embriaguez ao volante.

"Nas próximas operações, a Guarda Municipal vai contar com a utilização do etilômetro, inclusive o etilômetro passivo, que capta a presenca de álcool no ar e não precisa do motorista assoprar no bocal", conta o gerente de operações e fiscalização de trânsito da Guarda, Brunno Xavier.

Caso o condutor não tenha bebido, o etilômetro apresentará a luz verde. Em caso de ingestão de bebida alcoólica, o equipamento ficará com a luz vermelha. Caso positivo, o condutor será convidado a fazer um segundo teste, desta vez utilizando o bafômetro tradicional, em que é necessário que o condutor sopre um canudo ligado ao equipamento, continuarão a ser usados. A Guarda lembra que os canudos vem embalados e são descartáveis.

Segundo Xavier, o etilômetro é um aparelho que permite determinar a concentração de bebida alcoólica analisando o ar exalado dos pulmões de uma pessoa.

"Esse equipamento vai nos auxiliar muito nas operações de Lei Seca. A embriaguez somada à imprudência e ao desrespeito às leis de trânsito, na maioria das vezes, o resultado é sempre o mesmo: acidente", concluiu Brunno Xavier.

Novo etilômetro capta odor de álcool no ar sem precisar encostar a boca
Novo etilômetro capta odor de álcool no ar sem precisar encostar a boca. Crédito: Divulgação/Prefeitura de Vitória

Com informações do G1ES e da TV Gazeta

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.