ASSINE

Covid-19: Casagrande anuncia medidas de combate e novo mapa de risco

Governador do Espírito Santo fez pronunciamento na tarde desta sexta-feira (20) para comentar o atual cenário do novo coronavírus no Estado

Vitória
Publicado em 20/11/2020 às 17h33
Atualizado em 20/11/2020 às 18h18

18:03

Fim da transmissão

Depois de mais de 20 minutos de pronunciamento, o governador Renato Casagrande encerrou a transmissão on-line. "Vamos trabalhar juntos para salvarmos vidas. Essa é a nossa preocupação desde o começo", concluiu Casagrande.


18:02

Risco moderado: escolas só com atividades remotas

"As escolas já têm uma regra: neste ano, nos municípios com risco moderado, elas têm atividades remotas. Só tem atividades presenciais em municípios classificados em risco baixo. Isso pode mudar para o ano que vem, mas neste ano será assim", esclareceu Casagrande.


17:59

Mais de 60% dos positivados de outubro tinham idade média de 29,5 anos

"Vou dar um dado aproximado do mês de outubro: mais de 60% das pessoas contagiadas, detectadas pelo nosso Laboratório Central (Lacen), tinham idade média de 29,5 anos. Mais de 60% das pessoas internadas em UTI tinham mais de 45 anos de idade. Então, os jovens são mais resistentes, às vezes por isso saem mais e interagem mais. Mas, muitas vezes, os jovens acabam levando a doença para dentro de casa ou contagiando alguém de mais idade. É importante a gente ter empatia e contribuir. Essa doença exige essa corresponsabilidade", afirmou Casagrande.


17:56

Restrições dependem do comportamento dos capixabas

"Não temos nenhuma previsão de restrições maiores às atividades, mas podemos mudar a cada semana. Elas serão maiores ou menores de acordo com o nosso comportamento, dos capixabas. Precisamos de muita empatia, de uma pessoa se colocar no lugar da outra", afirmou o governador.


17:55

Fiscalização de aglomerações vai aumentar no ES

"Nós vamos começar de novo um trabalho mais forte de fiscalização em torno das aglomerações, mas o Estado sozinho não consegue fazer essa fiscalização. Os municípios têm um papel grande na fiscalização e no isolamento de casos ativos, para que a gente possa barrar o contágio", disse Casagrande.


17:53

"Verão precisa ser mais contido", pede Casagrande

"Nós não teremos a vacina neste ano, então esse verão precisará ser mais contido. Quando houver a disponibilidade da vacina, ela não conseguirá atingir todas as pessoas ao mesmo tempo. Temos ainda uma polêmica em torno dessas vacinas, é um assunto que está politizado. Nós ainda não sabemos como que o Governo Federal vai coordenar um plano nacional de imunização. Nós, governadores, estamos articulando para que seja assumido esse papel, mas estamos cientes de que teremos que conviver com a pandemia nesse verão", comentou Casagrande.


17:51

Eventos corporativos: máximo de até 300 pessoas

"No risco moderado, nós não tínhamos uma limitação para eventos corporativos, mas agora há o limite de 300 pessoas, sempre respeitando o espaçamento mínimo, já estabelecido para os eventos sociais", disse Casagrande.


17:50

Por que limitação a bares e restaurantes?

"Estamos estabelecendo limitações para bares e restaurantes porque não são ambientes que se mantiveram controlados. As pessoas, logicamente, precisam tirar as máscaras, confraternizam muito mais, se aproximam muito mais e falta esse cuidado para evitar esse contágio. É um sinal de que nós precisamos tomar mais cuidados, especialmente nos locais em que temos que tirar as máscaras, e restaurantes e bares são dessa forma", explicou Casagrande.


17:47

Governador: "pressão sob sistema de saúde é muito forte"

"Tivemos um auge, assistimos o mapa ficar verde, nos cansamos de tantos protocolos e acabamos nos acomodando. Essa acomodação levou à interação, aglomeração e ao contágio. Agora estamos correndo o risco de ter uma maior pressão no sistema de saúde. E isso é um problema para nós, porque no auge da pandemia suspendemos cirurgias eletivas, o trânsito era reduzido, então tínhamos poucos acidentes, e as crianças não iam para as escolas. Agora não, nós temos a Covid-19 e todas as outras enfermidades e problemas de acidente ou violência. A pressão sob o sistema de saúde é muito forte nesse momento", alerta Casagrande.


17:43

Novas regras para comércio, bares e restaurantes

"A partir de agora, nós temos para o risco moderado diversas atividades que permitimos. O comércio, por exemplo, que tem um ambiente mais controlado. Nesta fase, nós não alteraremos as atividades do comércio para quem for classificado para risco moderado. Será permitido o funcionamento normal, seguindo os protocolos já adotados. Em bares e restaurantes, haverão mudanças: eles podem funcionar de segunda a sábado até às 22h. De domingo, até às 16h. Fizemos essas alterações no sentido de estabelecer uma limitação que permite o funcionamento nesse momento, nesta semana da segunda fase", esclareceu o governador.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.