ASSINE

Avião das Forças Armadas pousa em Cachoeiro para buscar órgãos doados

Coração, fígados entre outros órgãos de um jovem de  21 anos, que morreu após um acidente de transito, foram cedidos pela família para ajudar quem precisa de transplante

Cachoeiro de Itapemirim
Publicado em 04/09/2021 às 16h57
Captação- órgãos
Captação de órgãos. Crédito: Valério Depollo

Uma aeronave da Força Aérea Brasileira esteve em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado na manhã deste sábado (4) para fazer a captação e o transporte de órgãos humanos. A captação ocorreu na Santa Casa de Misericórdia, um dos hospitais referência para captação de órgãos na região.

De acordo com o hospital, o doador era um jovem de 21 anos . Ele foi vítima de um acidente de carro com caminhão no dia 31 de agosto deste ano. As equipes que fizeram a captação são de Vitória e de Brasília e conseguiram retirar coração, os dois rins, fígado e córneas. Não foi divulgado para onde os órgãos foram levados.

SETEMBRO VERDE

A campanha “Setembro Verde” tem o objetivo de conscientizar sobre a importância da doação de órgãos. Segundo dados do Sistema Nacional de Transplantes (SNT), no Espírito Santo, foram realizados 247 transplantes entre janeiro e julho deste ano, sendo 160 de córnea, 28 de rins, 18 de fígado, dois corações, quatro de esclera e 35 de medula.

Ao comparar com o ano anterior, durante o mesmo período, os transplantes no Estado tiveram aumento de aproximadamente 83%, uma vez que foram realizados 135 procedimentos em 2020 de janeiro a julho.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Cachoeiro de Itapemirim aviao Doação de orgãos

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.