ASSINE

Ídolo de Paulo Gustavo, Beyoncé faz homenagem a ator em seu site oficial

"Paulo Gustavo rest in peace" (Paulo Gustavo descanse em paz, na tradução) foi a mensagem deixada pela artista

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 05/05/2021 às 10h28
Paulo Gustavo morreu de Covid-19
Site de Beyoncé homenageia Paulo Gustavo. Crédito: Reprodução | Site oficial da Beyoncé

A cantora norte-americana e ícone do Pop mundial Beyoncé incluiu homenagem a Paulo Gustavo em seu site oficial. O ator e humorista morreu nesta terça-feira (4) em decorrência complicações da Covid-19, após 53 dias de internação. "Paulo Gustavo rest in peace" (Paulo Gustavo descanse em paz, na tradução) foi a mensagem deixada pela artista.

Fã declarado de Beyoncé, o ator e humorista chegou a ir a alguns shows da cantora, de acordo com informações publicadas no site G1. Em um deles, em Nova York, nos Estados Unidos, em 2013, Paulo conseguiu pegar a toalha arremessada pela diva na apresentação.

Paulo Gustavo morre de Covid-19
Paulo Gustavo segura toalha da Beyoncé. Crédito: Reprodução | Redes sociais

À ocasião, o ator usou o perfil no Instagram para comemorar. “Peguei a toalha (risos)! Peguei a por** da toalha! Beyoncé linda demais!”, afirmou.

O humorista estava internado na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital no Rio de Janeiro desde o dia 13 de março. Ele precisou ser intubado uma semana após a internação, porque estava com dificuldade para respirar. Na sequência, piorou e precisou da ajuda de uma espécie de pulmão artificial usado apenas nos casos mais graves. Um mês depois, teve uma embolia gasosa que se espalhou em decorrência de um rompimento do tecido do pulmão.

Assumido com relação à própria sexualidade, Paulo Gustavo era casado com o dermatologista Thales Bretas desde 2015. Os filhos do casal, Gael e Romeu, nasceram em 2019, de barrigas de aluguel.

Correção

5 de Maio de 2021 às 22:03

A palavra ídola, que originalmente estava no título desta matéria, é alvo de polêmica. O uso foi questionado por leitores e alterado para a forma ídolo, mais usual. No entanto, o professor Pasquale esclarece que os dicionários Houaiss e Aulete registram a forma feminina da palavra como ídola, que, portanto, está correta, embora esteja em desuso.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.