ASSINE

Horácio em "Verão 90", Ricardo Martins revela paixões e novos projetos

Ator nasceu da dança e agora vive boa fase da carreira na novela da Globo, inclusive com participação em "Sob Pressão", além de "Verão 90"

Publicado em 03/05/2019 às 15h50
 Ricardo Martins posa para ensaio exclusivo - (Stylist: Ronaldo Robim / Make: Igor Leite). Crédito: Ronaldo Corrêa
Ricardo Martins posa para ensaio exclusivo - (Stylist: Ronaldo Robim / Make: Igor Leite). Crédito: Ronaldo Corrêa

(Com informações de Erik Oakes)

Ricardo Martins, de 41 anos, é o gerente do hotel Queen Palace, de propriedade da família Ferreira Lima em "Verão 90", novela da Globo que exalta os anos 90. Quem o vê hoje na trama das sete e em participação na terceira temporada de "Sob Pressão" não sabe, mas ele começou cedo na dramaturgia.

A carreira de ator começou com participações em novelas como "Pecado Capital (1998), "Chocolate com Pimenta" (2003) e "Da Cor do Pecado" (2004), na Globo. Mas o maior destaque veio em "Dance, Dance, Dance" (2003/2004), na Band. Depois de passagens pela Record TV e do retorno à TV Globo - iniciado com "Tempo de Amar" (2018) -, hoje ele acredita que está em um novo caminho da carreira, investindo na atuação, e também fala das paixões, sendo a maior delas a própria família.

O ator Ricardo Martins na festa de lançamento de "Verão 90", novela da Globo. Crédito: Reprodução/Instagram @euricardomartins
O ator Ricardo Martins na festa de lançamento de "Verão 90", novela da Globo. Crédito: Reprodução/Instagram @euricardomartins

Em entrevista ao Gazeta Online, Ricardo conta que o convite veio do próprio diretor da novela, Jorge Fernando, com quem ele já tinha feito outros trabalhos em outras novelas. No bate-papo, o ator também destacou algumas características do Horácio:

Como você descreve o Horácio?

O Horácio é um sujeito muito legal. É um cara muito dedicado, um cara que tem uma personalidade muito forte, é bem inteligente. E ele gosta das coisas sempre nos mínimos detalhes, tudo sempre muito arrumado. É muito dedicado no que ele faz, e ele sabe o quão ele é importante ao lado do Quinzão. E, a partir de um certo momento da trama, os dois vão estar bem envolvidos, é o Horácio sendo um braço direito do Quinzão, ajudando ele em varias coisas que ainda estão por vir na novela ainda.

Como surgiu o convite?

O convite veio por meio do Jorginho, o Jorge Fernando. Ele me ligou, me convidando pra fazer o Horácio. E foi muito legal. Eu não estava esperando. Já temos trabalhado em outras novelas juntos. Já fiz 'Chocolate com Pimenta' com ele, já fiz essa última das 6 que sempre esqueço o nome (risos), do qual fizemos juntos, também (o ator se refere a "Êta Mundo Bom"). Então, é sempre um prazer trabalhar com ele.

  Ricardo Martins posa para ensaio exclusivo - (Stylist: Ronaldo Robim / Make: Igor Leite). Crédito: Ronaldo Corrêa
Ricardo Martins posa para ensaio exclusivo - (Stylist: Ronaldo Robim / Make: Igor Leite). Crédito: Ronaldo Corrêa

Em entrevista ao Estrelando, você disse que sua preparação foi mais baseada em dança. Mesmo já tendo participado de "Dance, Dance, Dance", foi fácil para você ou na dança você é daqueles que considera ter dois pés esquerdos?

Olha, eu sempre gostei muito de dança, sempre gostei muito de dançar. E, em outros trabalhos que eu já fiz anteriormente, também sempre teve um lado muito forte com a dança, e a preparação pra essa novela também teve esse caminho. E, eu acho que eu danço bem (risos) e eu tenho uma ligação muito forte com a dança.

Seu personagem é fundamental para Quinzão e suas confusões. O que podemos esperar do Horácio à frente na trama?

O que eu posso adiantar dessa história com o Quinzão e o Horácio é que muita coisa está vindo pela frente. Os dois vão aprontar muito, mas não posso adiantar mais que isso. Cenas boas estão vindo por aí. Está sendo muito divertido trabalhar com ele.

Como começou sua vida na dramaturgia? De lá para cá, como você avalia a trajetória?

A minha vida na dramaturgia começou na década de 90 (risos). Eu, um garoto de 18 anos, de Canoas, com todos os sonhos, vontades e desejos, morador da grande Porto Alegre, tinha, e vim desbravar o Rio de Janeiro, estudar e conhecer. E foi aqui que eu me envolvi mesmo com a dramaturgia, fiz os meus cursos, estudei e me formei aqui no Rio e de lá pra cá muita coisa mudou. A tecnologia que se faz televisão, a forma como outras formas surgiram, como séries, a forma de fazer. Então, essa mudança tem que sempre ir acompanhando. Estou em busca de sempre me aperfeiçoar, sempre estudando, pois a gente não pode parar nunca.

Como está a troca de energia com o elenco, ainda mais com o Alexandre e a Totia, com quem o personagem costuma ter mais contato?

O clima com o elenco está tudo muito bom, tudo muito legal. Estou trabalhando com pessoas que eu sempre admirei e sempre assisti. Sou um noveleiro que sempre assisti as novelas, então, as pessoas com as quais eu estou trabalhando hoje, eu tenho muita admiração. Está sendo um prazer enorme! O Alexandre Borges, eu estou reencontrando com ele, pois a minha primeira novela que eu fiz foi Pecado Capital e ele fazia, também. Não éramos do mesmo núcleo, mas volta e meia nos encontrávamos. Então, 20 anos depois, estarmos fazendo outra novela juntos, e agora, contracenando. O Horácio e o Quinzão vão ter altas historias pra frente, então está sendo um prazer. A Totia também, maravilhosa. Eu sou imensamente grato por estar trabalhando com eles.

Nessas transições entre emissoras e participações em novelas, tem algum ator/atriz que gostaria de contracenar?

Olha, ainda quero contracenar com muita gente, mas, uma pessoa que eu sempre tive muita vontade e que eu tive a honra de contracenar e de fazer cena com ele, agora, nessa última novela das 6, foi o Tony Ramos. Meu Deus, foi tipo um sonho estar na frente dele, me emocionei muito, "tietei" (risos). Foi uma experiência muito boa pra mim. Como ator, estar do lado dele e trocar junto com ele, em cena, era uma aula, toda hora. Fiquei o tempo todo prestando atenção, vidrado nele, e fique o muito feliz em contracenar com o Tony.

Você já fez novela teen, de época, bíblica... Tem algum gênero que ainda quer estrelar?

Ah, eu tenho o desejo de fazer muita coisa ainda, várias coisas (risos). Mas, eu acho que uma coisa de ação, assim, acho que eu gosto muito. Ação, policial, isso eu gosto.

Em seu Instagram, se repara que o esporte e a família são fundamentais em sua vida. Durante os períodos de novela, como agora, a rotina de exercícios se mantém? O tempo com a família funciona bem?

Eu tenho paixão pela minha família, pela minha mulher, pelo meu filho, e o meu Instagram é reflexo disso (risos). Eu babo mesmo. Não tenho problema com isso.

Eu mantenho uma rotina e minha rotina de exercício. Eu procuro manter sempre e sempre conciliando com os dias de gravação. Eu mantenho sempre, a minha rotina de atividades, sempre procuro fazer alguma atividade ao ar livre e todo dia, que me mantenha bem. É bom pra minha saúde física e mental, então, procuro estar fazendo sempre uma atividade, sim. E, com a minha família também, pois eu, graças a Deus, sou um privilegiado de poder estar com a minha família todos os dias, ver meu filho e minha mulher, então, consigo manter uma rotina muito boa, em relação a isso.

Está com algum projeto paralelo ou apenas com as gravações da novela?

Além de Verão 90, estreou agora a terceira temporada de Sob Pressão, que eu tive a oportunidade de fazer, também. Eu fiz o terceiro episódio, que estreou dia 2 (de maio) e está muito bacana. A série está maravilhosa, terceira temporada está muito boa, e meu personagem promete grandes emoções. E também estou com um projeto de uma peça também, pra quando terminar a novela.

 

A Gazeta integra o

Saiba mais
globo instagram paulo gustavo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.