ASSINE

Corpo de Paulo Gustavo é cremado em Niterói, no Rio

Humorista de 42 anos morreu após complicações de Covid

Publicado em 06/05/2021 às 18h27
Juliana Amaral, irmã de Paulo Gustavo, com amigos e familiares do falecido ator em uma cerimônia fechada para posterior cremação do corpo, na tarde desta quinta-feira (06), no Cemitério Parque da Colina, em Niterói
Juliana Amaral, irmã de Paulo Gustavo, com amigos e familiares do falecido ator em uma cerimônia fechada para posterior cremação do corpo, na tarde desta quinta-feira (06), no Cemitério Parque da Colina, em Niterói. Crédito: Pedro Conforte/Immagini/Folhapress

O corpo do humorista Paulo Gustavo, de 42 anos, foi cremado na tarde desta quinta-feira (6), em Niterói, no Rio de Janeiro. O ator  morreu na terça-feira, 4 de maio, após ter complicações da Covid-19.

O corpo do ator foi velado numa cerimônia para família e amigos íntimos, no salão nobre do Cemitério Parque da Colina, em Niterói. No mesmo local, foram enterrados os comediantes Márcia Cabrita e Luiz Carlos Tourinho. Segundo a assessoria do ator, teve um rodízio entre as pessoas que prestaram homenagens para evitar aglomerações.

O corpo foi levado ao local por volta das 8h45 e o velório se iniciou por volta das 12h. Passaram pelo local a cantora Preta Gil e seu marido, as atrizes Ingrid Guimarães, Heloísa Périssé e Mônica Martelli, a modelo Carol Trentini e os humoristas Marcus Majella e Tatá Werneck. Segundo a revista Quem, outros famosos como Angélica, Luciano Huck, Regina Casé e Fábio Porchat enviaram coroas de flores para homenagear o amigo.

A cerimônia religiosa de despedida foi realizada pelo reitor do Cristo Redentor Padre Omar e acabou às 14h30. Logo depois aconteceu a cremação com os presentes, vestindo uma camiseta que homenageava o ator, aplaudindo Paulo Gustavo.

Paulo Gustavo morreu na última terça-feira (4), aos 42 anos, após quase dois meses internado em um hospital da zona sul do Rio, devido a complicações da Covid. Antes da confirmação de morte, a equipe médica já tinha classificado seu quadro como irreversível.

*Com informações da Quem e da Folha.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.