ASSINE

Beyoncé quer patentear nome da filha Blue Ivy por ser 'ícone cultural'

Cantora está em embate com dona de agência de casamentos

Publicado em 26/09/2019 às 13h13
Atualizado em 26/09/2019 às 16h49
Beyoncé e Blue Ivy no clipe de Spirit. Crédito: Reprodução/Youtube
Beyoncé e Blue Ivy no clipe de Spirit. Crédito: Reprodução/Youtube

Beyoncé, 38, está em uma batalha judicial desde 2017 para patentear o nome de sua filha, Blue Ivy Carter, 7, transformando-a em uma marca registrada.

A cantora definiu a filha como "ícone cultural", segundo informações do portal norte-americano The Blast, que teve acesso aos documentos do processo.

> Drake lança álbum surpresa com participação de Beyoncé

"Blue Ivy Carter é um ícone cultural que foi descrito como uma 'mini estrela do estilo' e foi comemorada por seus 'momentos na moda' ao longo dos anos. Sua vida e atividades são seguidas extensivamente pela mídia e pelo público", diria um texto da cantora.

O embate na Justiça seria com a empresária Veronica Morales, dona da agência de casamento "Blue Ivy", que foi aberta três anos antes do nascimento da filha de Beyoncé.

Advogados da cantora argumentam que "os consumidores devem ficar confusos entre uma empresa de planejamento de casamento e Blue Ivy Carter, a filha de dois dos maiores músicos do mundo". Eles ressaltam que a intenção é patentear o nome completo, "Blue Ivy Carter", e não apenas "Blue Ivy".

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.