ASSINE

Vencedora do "The Voice Kids", Eduarda Brasil lança disco resgatando as tradições do forró

Campeã do reality musical em 2018, cantora paraibana está divulgando seu terceiro projeto musical, "Danado de Bom"

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 04/07/2021 às 08h00
Eduarda Brasil, vencedora do
Eduarda Brasil, vencedora do "The Voice Kids", em 2018, acaba de lançar “Danado de Bom”, disco em homenagem à raiz do forró. Crédito: Rawide Hícaro

Em 2018, Eduarda Brasil, então com 15 anos, conquistou o país com seu talento e vozeirão, levando o "The Voice Kids" após uma parceria certeira com as madrinhas Simone e Simaria.

O tempo passou, a menina deu lugar a uma mulher madura, que, aos 19 anos, está lançando seu novo projeto musical, "Danado de Bom", disponível nas plataformas digitais.

Paraibana de Cajazeiras (onde reside até hoje), Eduarda, com o disco, presta uma homenagem ao forró clássico, especialmente ao mestre Luiz Gonzaga. A ideia da cantora é misturar suas raízes nordestinas - inerentes às músicas do Rei do Baião - com sonoridades eletrônicas da sua geração.

"Apesar do título do disco (que remete a um dos clássicos de Gonzagão), não regravamos nenhuma música dele. Tentamos captar sua essência, presente no desejo de resgatar o forró raiz, do xaxado e da sanfona", adianta Eduarda.

"O projeto reúne regravações de clássicos, como 'Razões' (de Mastruz com Leite) e 'Sede de Te Amar' (de Brucelose), mas, também, abrimos espaços para as autorais. Gosto muito de 'Desce do Orgulho', uma música que é a cara da nova geração. Misturamos elementos do forró com uma pegada de sax. Ficou bem bacana", orgulha-se

"Desce Do Orgulho", inclusive, também possui alguns elementos do tradicional "piseiro", especialmente com os "toques" de teclado eletrônico. O gênero forrozeiro virou febre no país, após estourar nas paradas nomes como Os Barões da Pisadinha e Zé Vaqueiro. Diz que você nunca ouvir nas rádios esse refrão: "Tá rocheda/ Tô nem vendo/ Pode crê/ Você Merece um Prêmio", de Os Barões?  

"O 'piseiro' trouxe um novo fôlego ao forró", aponta Eduarda. "Até porque, com a pandemia, vários novos cantores apareceram no cenário musical forrozeiro. Dá para fazer o ritmo apenas usando um teclado", explica, dizendo que, com "Danado de Bom", espera que cada vez mais mulheres despontem no mundo do forró.

"Ainda somos poucas. É preciso mais representatividade. Dá muito orgulho, por exemplo, ver cantoras como Mari Fernandez, que bombou no Tik Tok, chegando a ficar entre as mais tocadas do Spotify com a música 'Não, Não Vou'", defende, afirmando que a internet propicia uma maior paridade de gêneros na música.

"Hoje, basta fazer uma música de qualidade e lança-la na internet. Redes sociais como o YouTube e o Tik Tok praticamente se encarregam do sucesso. Costumo brincar, dizendo que, agora, é o público quem 'trabalha' a música, não o artista", comenta.

Claro, falar com Eduarda Brasil é lembrar de sua vitória no "The Voice Kids", há três anos. "Foi o pontapé para o início da minha carreira, mas o programa ainda tem muita força. É muita loucura, quando vejo que tenho apenas 19 anos e já vi muita coisa acontecer na minha vida", suspira, tomando fôlego antes de continuar respondendo. 

"Confesso que é difícil lidar com a fama, quanto mais sendo adolescente. É preciso ter foco. Já investi em uma loja de roupas e continuo investindo em vários projetos musicais, o que é a minha prioridade (ela já lançou dois EP’s e um álbum). Isso tudo me fez amadurecer, sabe?", ressalta, afirmando que a popularidade repentina também trouxe muitas responsabilidades.

"Tenho quase 1 milhão de seguidores no Instagram. É preciso ser responsável com eles, cativá-los, e levar para eles um conteúdo de qualidade", complementa, com maturidade pouco vista em jovens da idade.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.