ASSINE

Robin, ajudante do Batman, assume ser bissexual em nova edição de quadrinho

Terceiro rapaz a encarnar o braço direito do homem-morcego nas HQs teve estalo ao lutar para salvar amigo

Publicado em 11/08/2021 às 08h01
Robin (Tim Drake) e Bernard Dowd em trecho de 'Batman: Urban Legends #6
Robin (Tim Drake) e Bernard Dowd em trecho de 'Batman: Urban Legends #6". Crédito: DC Comics/Reprodução

Tim Drake, um dos vários jovens a lutar sob a identidade de Robin nos quadrinhos, assumiu sua bissexualidade na sexta edição de "Batman: Urban Legends", publicada nesta terça. O ajudante do Batman tem essa percepção após participar de uma luta para proteger um - até então - amigo, Bernard Dowd, dos monstros do caos.

Em seguida, ele reflete sobre o significado daquela ocasião. "As pessoas ficam me perguntando o que eu quero. Mas eu não conseguia entender. O que quer que fosse, sempre parecia fora de alcance. Até agora", diz Drake.

Eles vão, então, até o apartamento Bernard, em que Robin repete estar interessado em descobrir o significado daquele gesto. "Eu esperava que você dissesse isso", responde Dowd de pronto. "Tim Drake você quer sair comigo?". Drake aceita. A continuação desse romance indicado aqui só deve vir, porém, na edição que será lançada em dezembro deste ano.

Os fãs reagiram positivamente à notícia nas redes sociais, celebrando a saída do armário de um personagem sobre o qual já se especulava essa faceta - seja pela representatividade ou por piada - desde a sua criação, em 1940.

A escritora desta edição, Meghan Fitzman, declarou ao portal especializado Polygon que gostaria de "prestar uma homenagem ao fato de que a sexualidade é uma jornada". "Para deixar claro, seus sentimentos por Stephanie [Brown, que Robin já namorou] foram e são 100% reais, assim como seus sentimentos por Bernard. No entanto, Tim ainda está se descobrindo. Não acho que ele tenha uma linguagem para tudo ainda", completou.

Com o crescimento da representatividade LGBTQIA+ na cultura pop recente, Tim Drake se junta a um elenco de personagens LGBT nos quadrinhos - como o Lanterna Verde Alan Scott, a Batwoman Kate Kane e Estrela Polar, primeiro herói gay assumido.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Cultura LGBTQIA+ DC Geek

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.