Profissão Repórter completa 15 anos e retorna falando sobre a pandemia

Nova temporada estreia na terça-feira mostrando a situação da pandemia no Brasil e o início da vacinação contra o coronavírus

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 23/02/2021 às 15h22
Atualizado em 23/02/2021 às 15h22
O jornalista Caco Barcellos
O jornalista Caco Barcellos. Crédito: Mauricio Fidalgo/Globo

Em 2021, o "Profissão Repórter" é de comemoração. O jornalístico completa 15 anos no ar mostrando os bastidores da notícia e olhares importantes para a notícia, que muitas vezes passam despercebidos ao longo dos telejornais devido ao curto tempo para as matérias. Nesta terça-feira (23), o programa volta ao ar na Globo com responsabilidade redobrada em tempos ainda tão difíceis.

“A reportagem nunca foi tão necessária e adquire um valor ainda maior. É um programa que mostra às pessoas como é árduo o trabalho da imprensa em busca de uma captação precisa e correta dos acontecimentos”, diz Caco Barcellos, que continua trabalhando de casa por conta das medidas de segurança contra a doença.

Assim, o primeiro assunto abordado é o início da campanha de vacinação contra a Covid-19 e o atual momento da pandemia no Brasil. O time incansável e questionador, comandado por Caco, vai ao Amazonas e São Paulo buscar histórias importantes no atual cenário.

Em Manaus, a repórter Nathalia Tavolieri acompanhou de perto a crise da falta de oxigênio nos hospitais durante duas semanas. Entre as histórias contadas por lá, está a da cozinheira Elke Dutra, que passou um dia inteiro em busca de oxigênio para a mãe.

Danielle Zampollo ficou por conta de mostrar as mudanças na vida da enfermeira Mônica Calazans, primeira pessoa vacinada no Brasil. A profissional foi vítima de ataques racistas sofridos nas redes sociais.

Para a nova temporada, o time ganha o reforço de três repórteres: Augusta Lunardi, Clara Velasco e Pedro Borges. Por sinal, Clara é a responsável por cobrir o início da campanha de vacinação, em São Paulo. Entre os problemas acompanhados, denúncias sobre pessoas que teriam furado a fila da vacinação.

HISTÓRICO

Os 15 anos do "Profissão Repórter" são formados por muito comprometimento com a notícia. Em formato de especial, como quadro do ‘Fantástico’, em reportagens especiais para programas e telejornais da TV Globo, ou no espaço semanal que ocupa desde 2008, o programa já visitou todos os estados do Brasil, além de 43 outros países.

No último ano, a equipe participou ativamente da cobertura da pandemia com matérias especiais para telejornais e programas da TV Globo e presença no documentário ‘Cercados’, original Globoplay. A nova temporada do ‘Profissão Repórter’ estreia na terça-feira, dia 23, logo após o ‘Big Brother Brasil’.

*Com informações da TV Globo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.