ASSINE

"Olhares sobre a Pandemia" mostra a visão de fotógrafos sobre os dias atuais

Exposição conta com 20 fotografias que podem ser conferidas por meio agendamento para visitas virtuais e presenciais

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 15/04/2021 às 07h00
Exposição de fotografias da Mosaico Fotogaleria
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia do coronavírus. Crédito: Gustavo Minas

Diversos artistas lançaram suas perspectivas sobre a pandemia do novo coronavírus neste último ano. Músicos, escritores, artistas plásticos, diretores de cinema apresentaram seus trabalhos voltados para o momento de reclusão, ansiedade e até mesmo desespero gerados pela crise sanitária mundial. Agora chegou a vez de fotógrafos, que tiveram suas câmeras voltadas para o cenário que a sociedade vive e registraram momentos incríveis, terem suas obras expostas.

Até o dia 29 de maio, a mostra "Olhares Sobre a Pandemia" fica em cartaz na Mosaico Fotogaleria, na Mata da Praia, em Vitória, trazendo registros do último ano. Fotógrafos profissionais e amadores compõem a exposição de 20 fotografias, que recebeu auxílio da Lei Aldir Blanc, que pode ser visitada de forma digital e presencial.

De acordo com um dos responsáveis pela mostra e proprietário da Mosaico Galeria, Gabriel Lordello, a proposta partiu de uma convocatória para que fotógrafos enviassem análises pessoais do momento da pandemia do coronavírus. A seleção de 20 fotografias aconteceu diante de mais de 300 opções.

"Desde o início desta crise, recebíamos milhões de imagens por todos os lados e entendemos que, para que algumas delas tivessem um destaque maior, a gente deveria fazer um recorte de imagens. Então, convocamos artistas amadores a enviar as imagens para nós, para que a gente formasse uma coleção que se tornaria uma pequena amostra com olhares plurais, diferentes", iniciou o sócio da empresa.

Exposição de fotografias da Mosaico Fotogaleria
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia. Crédito: Adriana Kukla

Ao todo, 120 fotógrafos de 11 países participaram da competição com 304 registros fotográficos. Do Brasil, a Mosaico recebeu trabalhos de 13 estados distintos. 

Entre os selecionados está o fotógrafo de A Gazeta, Carlos Alberto Silva, que registrou a dor dos profissionais de saúde após a confirmação da perda de mais uma vida para a doença. Vale lembrar que o Brasil registra mais de 358 mil mortes para a Covid-19.

Exposição de fotografias da Mosaico Fotogaleria
Enfermeiras se abraçam após confirmação da morte de um paciente. Crédito: Carlos Alberto Silva

"Foram cinco dias de trabalho na UTI chegando de manhã e saindo depois do almoço. Essa foto foi feita logo no primeiro dia. Tinha acabado de chegar no local e me deparo com a cena da morte de uma jovem de 25 anos que estava há 60 dias internada. E chegar vendo a cena da enfermeira abraçando a outra foi única. É uma cena que mostra que quem trabalha na linha de frente também tem sentimentos e sofre", explica o fotógrafo.

O registro de Carlos Alberto foi tão intenso que chegou a ser selecionado para prêmios como o Vladmir Herzog e o Latino-Americano de Jornalismo. "Já fiz trabalhos e exposições ao longo de mais de 20 anos de carreira, mas vou te falar que este é o trabalho mais importante da minha vida. Nunca vi tanto sofrimento e trabalho para salvar vidas e, mesmo assim, ver tanta gente morrer em pouco tempo", conta o fotógrafo de A Gazeta, sobre o momento do registro.

Carlos Alberto Silva

Fotógrafo

"Em cinco dias, eu vi cinco pessoas morrerem. Fotografei desde a faxineira até os chefes e todos estavam empenhados em salvar vidas"

Lordello explica que, dentre as imagens selecionadas, também há aquelas mais artísticas. "É uma seleção que conta com registros mais do front, do hard news, do hospital; ou mesmo da rua, do dia a dia do isolamento. Acredito que a gente tenha conseguido formar um olhar bem plural. Por exemplo, está na galeria a fotografia de uma artista que colocou um plástico filme na boca, como se não conseguisse respirar. Há muito material interessante, que causa reflexão nas pessoas", detalha.

Exposição 'Olhares Sobre a Pandemia' da Mosaico Fotogaleria

Imagem que compõe a exposição 'Olhares Sobre a Pandemia'
Imagem que compõe a exposição 'Olhares Sobre a Pandemia'. Gabriela Pires/ Divulgação/ Mosaico Fotogaleria
Imagem que compõe a exposição 'Olhares Sobre a Pandemia'
Imagem que compõe a exposição 'Olhares Sobre a Pandemia'. Yacy Ribeiro/ Divulgação/ Mosaico Fotogaleria
Imagem que compõe a exposição 'Olhares Sobre a Pandemia'
Imagem que compõe a exposição 'Olhares Sobre a Pandemia'. Ricardo Luis Silva/ Divulgação/ Mosaico Fotogaleria
Imagem que compõe a exposição 'Olhares Sobre a Pandemia'
Imagem que compõe a exposição 'Olhares Sobre a Pandemia'. Chico Porto/Divulgação/Mosaico Fotogaleria
Imagem que compõe a exposição 'Olhares Sobre a Pandemia'
Imagem que compõe a exposição 'Olhares Sobre a Pandemia'. Raphael Alves/ Divulgação/ Mosaico Fotogaleria
Exposição de fotografias da Mosaico Fotogaleria
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia. Gustavo Minas
Exposição de fotografias da Mosaico Fotogaleria
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia. Adriana Kukla
Exposição de fotografias da Mosaico Fotogaleria
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia. Carlos Alberto Silva
Exposição de fotografias da Mosaico Fotogaleria
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia. Gabriela Matoso
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia
Exposição capta diferentes olhares sobre o momento de pandemia

VISITAÇÃO

A mostra, que fica aberta até o fim de maio, aberta pode ser visitada de maneira presencial e virtual. As visitas presenciais podem ser realizadas mediante agendamento pelo e-mail [email protected]. A fotogaleria limita as visitas em até duas pessoas por vez, seguindo todas as regras da vigilância sanitária como uso de máscara, higienização das mãos com álcool em gel e distanciamento entre os visitantes.

Devido ao agravamento da pandemia, a fotogaleria também vai oferecer visita guiada on-line via chamada de vídeo pelo WhastApp, mediante pré-agendamento pelo email citado ou pelo telefone (27) 99943-0831. "A pessoa me liga ou manda o e-mail, combinamos um horário em que eu faço uma chamada de vídeo pelo WhatsApp e vou apresentando as fotos para a pessoa contando os detalhes de cada foto", finaliza Gabriel.

SERVIÇO

  • "OLHARES SOBRE A PANDEMIA"
  • Exposição com 20 fotografias sobre a pandemia do novo coronavírus
  • Onde: na Mosaico Fotogaleria - Rua Aristóbulo Barbosa Leão, 500, Loja 18, Victoria Mall, Mata da Praia, Vitória
  • Visitação: gratuita até o dia 29 de maio, mediante agendamento prévio
  • Agendamento: para agendamento de visitas presenciais ou guiadas on-line (via ligação de vídeo pelo WhatsApp), basta entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone 27 99943-0831.
Cultura Prefeitura de Vitória Coronavírus Covid-19 Fotografia Exposição Lei Aldir Blanc Pandemia Isolamento social

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.