ASSINE

O olhar de Rogério Medeiros sobre os povos do Espírito Santo

"Rogério Medeiros, Fotógrafo" entra em cartaz em galeria de Vitória com 20 imagens históricas do fotojornalista

Publicado em 26/06/2019 às 19h11

Em seus mais de 50 anos de profissão, o fotojornalista capixaba Rogério Medeiros eternizou através de suas lentes as lutas de comunidades afastadas dos grandes centros no Espírito Santo. Parte desse vasto acervo produzido ao longo de sua carreira com indígenas, remanescentes quilombolas e camponeses está reunido na exposição “Rogério Medeiros, Fotógrafo”, que entra em cartaz no dia 27 de junho na Mosaico Fotogaleria, em Vitória.

São 20 imagens históricas, em preto e branco, sendo nove cópias analógicas originais do acervo do fotógrafo. Esses importantes registros estão agora à disposição dos capixabas com a curadoria do também fotógrafo, artista e pesquisador Bruno Zorzal.

“Esta exposição é resultado de muitos anos de conversa com Apoena Medeiros (filho de Rogério), que também está envolvido na mostra. Todo o acervo está guardado em um lugar físico, só de fotos impressas são mais de 300. Foi ao mesmo tempo uma tarefa prazerosa e dolorida, porque foi difícil fazer essa curadoria, são muitas fotos. Mas o objetivo foi elaborar um fio condutor e construir essa ideia de mostrar quem é o fotógrafo Rogério Medeiros”, explica Bruno Zorzal.

O comprometimento com o trabalho e com a realidade documentada fez de Rogério, hoje com 83 anos, um ícone da fotografia capixaba. Suas imagens são envolventes não só pela estética própria, mas também pela dimensão humana, por ter o ser humano no centro de tudo. É a beleza da resistência e conquista.

“Ele se dedica não só à fotografia, mas às pessoas fotografadas. As imagens acabam não sendo o mais importante, e sim as relações construídas a partir delas”, diz o curador.

A exposição em Vitória chama atenção para importância da vida e obra do fotógrafo. “Acho que o legado principal é o olhar do Rogério pertinho da gente. Ter isso disponível como fonte de consulta é maravilhoso. Rogério expõe a cultura latina, os guaranis, os imigrantes que vieram pra cá. Podemos compará-lo um pouco com outros fotógrafos da América Latina que começaram a se dedicar a fotografar a própria realidade, os locais em que moravam. Rogério traz essa luz tropical. Ele é latino, é capixaba”, finaliza Bruno.

 

SERVIÇO

Rogério Medeiros, Fotógrafo

Abertura: 27 de junho, às 19h.

Visitação: de 27 de junho até dia 9 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 10 às 18h. Aos sábados com agendamento.

Onde: Mosaico Fotogaleria. Rua Aristóbulo Barbosa Leão, 500, loja 18, Shopping Victoria Mall, Mata da Praia, Vitória.

Informações: (27) 3024 0307.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.