ASSINE

Novelas e séries apostam em conectividade para fisgar novos fãs

Tramas como "A Dona do Pedaço", "Shippados", "Bia" e "Dilema" investem na interação com as redes sociais para chamar a atenção do público

Publicado em 06/06/2019 às 16h17
Vivi Guedes (Paolla Oliveira), digital influencer da novela "A Dona do Pedaço". Crédito: Divulgação/Rede Globo
Vivi Guedes (Paolla Oliveira), digital influencer da novela "A Dona do Pedaço". Crédito: Divulgação/Rede Globo

Já virou mania. Basta uma série de sucesso, uma novela ou um evento como Oscar começar a ser exibido que os telespectadores invadem também as redes sociais, comentando ao vivo detalhes da trama, reviravoltas na história e até o figurino das estrelas. Esse fenômeno tem até nome: multitela. E, cada vez mais, a televisão tem se aproveitado dele para bombar suas produções.

Uma pesquisa realizada pelo Ibope no ano passado revelou que 95% das pessoas navegam pela internet enquanto assistem TV. Atualmente, atrações nacionais e internacionais tem investido mais fortemente nessa conectividade, criando novas formas de interação com o público. Alguns exemplos atuais são a série "Shippados", que estreia nesta sexta-feira (7) no portal Globoplay, em que os personagens ganharam um perfil no Instagram para interagir com os fãs, a novela "A Dona do Pedaço", a trama das nove da TV Gazeta, e as produções gringas "Dilema" (Netflix) e "Bia" (Disney Channel).

A personagem de Paolla Oliveira, Vivi Guedes, ganhou um perfil no Instagram, "O Estilo Vivi", para incrementar "A Dona do Pedaço". Na página, a "it girl", que sonha em ser uma digital influencer, interage com os fãs dando dicas de moda. O resultado: em seis dias, já contabiliza 244 mil seguidores. Uma das mais ardorosas fãs da beldade é Josiane (Agatha Moreira), que adora pegar umas orientações de como se vestir bem.

Ponto para o autor da história, Walcyr Carrasco, que teve a ótima sacada de incendiar o folhetim com personagens interagindo nas redes sociais, contando com a participação do público e aumentando o interesse pela novela (o maior sucesso de audiência do horário nos últimos quatro anos).

"O perfil é uma coisa nova, a junção da televisão com o mundo da internet. É o Instagram da Vivi, a Paolla não dá pitaco", contou a atriz, na época do lançamento do perfil, no último dia 29 de maio. A própria Paolla afirma que começou a usar mais as redes por conta da personagem. "Estou me divertindo ao compartilhar coisas do meu dia a dia para os meus seguidores. E acho que está dando certo, as pessoas estão gostando!".

O perfil de Vivi Guedes é fashion. A "it girl" segue ninguém menos que Madonna, as irmãs Kardashians, Gisele Bündchen e Camila Coutinho, uma das influenciadoras digitais mais famosas do Brasil.

TENDÊNCIA

Professora de MBA em Comunicação e Marketing Digital da UVV (Universidade Vila Velha), Diana Pádua fala que a aposta em transmídia (contar uma história por meio de diferentes plataformas e formatos, como filmes, séries, novelas, games, livros, quadrinhos e redes sociais, por exemplo) é uma tendência que veio para ficar.

"O audiovisual está cada vez mais inclinado a fisgar a chamada Geração Z (pessoas nascidas no início dos anos 2000), que está chegando agora ao mercado de trabalho e com potencial de consumo. São pessoas que vivem conectadas até com seis telas ao mesmo tempo, com a capacidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo e quer dar opinião sobre todos os assuntos", analisa, dizendo que, quem deseja firmar-se nesse novo mercado, precisa investir na multitela.

"Alguns espectadores querem ver uma série (ou uma novela) com vários aplicativos na mão, falando para os seus seguidores o que estão achando do programa. Hoje, a televisão virou uma segunda tela. A primeira é essencialmente o celular", complementa.

CADA VEZ MAIS CONECTADOS

Cena de série "Shippados", atração do streaming Globoplay. Crédito: Paulo Belote/Globo
Cena de série "Shippados", atração do streaming Globoplay. Crédito: Paulo Belote/Globo

O público não é mais um simples espectador dos meios de comunicação. Se antes era condicionado a consumir produtos audiovisuais no dia e em horários pré-estabelecidos, e de forma linear, a internet trouxe a possibilidade de uma maior interação. Agora, você decide a hora, e em que plataforma, quer ver o seu filme, série e novela favoritos. O streaming é uma oportunidade perfeita para a experimentação de vários produtos transmídia, vide os exemplos recentes das séries "Shippados" (Globoplay) e "Dilema" (Netflix).

Tretas de Shippados

Na série, Tatá Werneck e Eduardo Sterblitch são Rita e Enzo, "seres" traumatizados por relacionamentos amorosos frustrantes. O casal se conhece em um péssimo encontro e, a partir daí, enfrenta as desventuras do mundo dos relacionamentos, sejam reais e ou virtuais. Os dois já ganharam perfis no no Instagram, @ritatenoriolima e @enzostrindade. Comediantes dos bons, já criaram várias tretas pelas redes sociais. Rita, por exemplo, tentou conquistar Bruno Gagliasso, mas parece ter fisgado mesmo Giovanna Ewbank. Por sua vez, Enzo vive espalhando teorias conspiratórias sobre o amor.

Diálogo insólito no Instagram de Rita, personagem de Tatá Werneck na série "Shippados". Crédito: Reprodução/Instragram @ritatenoriolima
Diálogo insólito no Instagram de Rita, personagem de Tatá Werneck na série "Shippados". Crédito: Reprodução/Instragram @ritatenoriolima

Proposta Indecente

"Dilema", por sua vez, é a aposta da Netflix para "multitelar".  Na trama, uma empresária, vivida por Renée Zellweger, oferece US$ 80 milhões para passar a noite com um homem casado (Blake Jenner). Detalhe: o pedido é feito para a esposa do rapaz, interpretada por Jane Levy.

Em uma ótima jogada de marketing, a empresa americana divulgou o número do WhatsApp de alguns personagens. A resposta é automática, feita por bots, mas é uma boa oportunidade de interagir e conhecer melhor os protagonistas da trama.

Turma do Mickey

A Disney, conhecida por não inovar muito quando o assunto é promover o lançamento de seus produtos, também não deixou a transmídia passar em branco. Uma de suas apostas da temporada, a série latina teen "Bia" (estrelada pela brasileira Isabela Souza) chega dia 24 de junho no Disney Channel apostando firme nas multiplataformas. É a TV paga "invadindo" a interação digital para não perder ainda mais assinantes. 

Série "Bia", que estreia no Disney Channel dia 24 de junho de 2019. Crédito: Divulgação/Disney
Série "Bia", que estreia no Disney Channel dia 24 de junho de 2019. Crédito: Divulgação/Disney

Interativo

Quando o "folheteen" estrear, as tramas e subtramas terão continuidade nas redes sociais, com perfis no Instagram para que o público possa conhecer os personagens, ver o que fazem, sentem e pensam, e ainda interagir com eles através dos comentários. Os conteúdos que os atores compartilharem na rede estarão alinhados ao que acontece em cada episódio.

Fora da telinha, o universo digital de "Bia" será composto por suas fanpages no Facebook e Instagram e no canal oficial do Disney Channel Brasil no YouTube, onde os fãs podem conhecer mais sobre a produção e assistir a vídeos musicais, bastidores e outros conteúdos. A protagonista, por exemplo, é uma desenhista de mão cheia. Para cada arte que ela produzir, seus moldes e desenhos serão disponibilizados na internet para que os fãs possam fazer igual.

Outro lado

Mesmo afirmando que a transmídia é uma saída para quem decide buscar informação adicional sobre o seu programa preferido ("outras plataformas são fundamentais para esse tipo de conteúdo", acredita), Diana Pádua aconselha que os autores e produtores das atrações devam usar o artifício com parcimônia. "Eles não podem perder a essência da história, sua linearidade. A opinião do público que interage nas redes sociais não deve mudar o rumo dos personagens. Isso pode acabar frustrando quem não é adepto das tecnologias modernas, não usa celular enquanto assiste aos programas e quer apenas se divertir vendo TV despretensiosamente", complementa.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.