ASSINE

MAES com um ovo no telhado? Post sobre reforma do museu chama atenção

Imagem é da exposição "Tirante", primeira mostra virtual do Museu de Arte do Espírito Santo, que despertou o público nas redes sociais e gerou até abaixo-assinado

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 25/03/2021 às 02h00
Atualizado em 25/03/2021 às 02h05
Obra da exposição virtual
Obra da exposição virtual "Tirante", do Museu de Arte do Espírito Santo - MAES. Crédito: Anton Steenbock/Divulgação

A postagem de uma intervenção na arquitetura do Museu de Arte do Espírito Santo - Dionísio Del Santo (MAES) está dando o que falar nas redes sociais. Nela, comenta-se uma possível reforma no prédio histórico, que já estaria aprovada e próxima de acontecer.

Na imagem, o prédio recebe uma nova estrutura, de um ovo gigante, que abrigaria a fictícia Fundação Da Silva Brokers na parte superior. "A Fundação servirá para abrigar a coleção de arte contemporânea da 'Da Silva Brokers' e contará com uma rica programação de exposições abertas ao público", diz trecho da legenda.

A imagem revoltou tanto que internautas chegaram a abrir um abaixo-assinado para impedir a obra, acreditando que a intervenção seria real. Porém, tudo não passa de uma obra, mas de arte.

A publicação do artista plástico Felippe Moraes faz parte de "Tirante", a primeira mostra virtual do MAES, reaberto em 2020 após quatro anos de reforma. Ele, inclusive, é organizador e curador, junto a Clara Sampaio, da exposição produzida desde 2018.

O trabalho em questão é do artista alemão Anton Steenbock e está disponível on-line em http://tirante.org/da-silva-art-lab/. Ele traduz fortemente a discussão que a exposição virtual se propõe.

"Estou achando maravilhosa esta repercussão porque as pessoas estão olhando para o museu e para a arte contemporânea; me pergunto o porquê as pessoas não estavam discutindo as propostas da exposição antes", comemora Felippe em entrevista ao Divirta-se, relatando que a mostra tem o objetivo de fazer as pessoas olharem para o espaço urbano.

"Tirante" parte da interlocução entre arte e arquitetura, curadoria e prática artística, motivada pelo processo de reforma do museu, ocorrido entre 2016 e 2017, e pela produção transdisciplinar de seus participantes. Ela ficará aberta até o fim do mês e a postagem desperta o público para a visitação, que pode ser feita no link tirante.org.

"A questão é entender que o museu não é um acervo, nem espaço físico. Ele é, principalmente, educação e programação. O que mais importa é o contexto em que ele está inserido, físico ou virtual", comenta Felippe.

E a jogada deu certo. A postagem fez as pessoas até mesmo refletirem sobre a obra na própria postagem. "O novo esmagando o velho passa uma ideia bem confusa e sem respeito ao que já existe lá", observa uma internauta nos comentários. "Acho que já deu pra sacar que isso é uma experiência social", comenta outro.

SECULT

Procurada, a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) esclarece que não há previsão de nova reforma do MAES, e avalia o impacto da postagem. "A repercussão do projeto nas redes sociais reforça o papel inquietante e provocador da arte, e nos faz refletir sobre os limites e a velocidade em que estamos consumindo informação e desinformação", diz em nota.

SERVIÇO

  • TIRANTE
  • Exposição virtual no Museu de Arte do Espírito Santo (MAES)
  • Quando: até o dia 31/03 
  • Onde: no site do projeto (www.tirante.org)Instagram do projeto (@projetotirante); site do MAES e Instagram do MAES (@maesmuseu) 
  •  Artistas: Anton Steenbock, Clara Sampaio, Felippe Moraes, Fredone Fone, Marcelo Venzon e Raquel Garbelotti
  • Organização geral e projeto curatorial: Clara Sampaio e Felippe Moraes 
  • Programa público: Lindomberto Alves e Amanda Amaral 
  • Projeto gráfico: Victoria Pianca 
  • Produção: Barbara Carnielli

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.