ASSINE

Gustavo Mioto aposta em fim de tarde romântico para show em Vitória

Cantor se apresenta no Ilha Shows no dia 16 de dezembro. Em entrevista ao Gazeta Online, Mioto fala sobre o show e a carreira

Publicado em 03/12/2018 às 15h24
O cantor sertanejo Gustavo Mioto. Crédito: Reprodução/Instagram @gustavomioto
O cantor sertanejo Gustavo Mioto. Crédito: Reprodução/Instagram @gustavomioto

“Conheci o amor, só de te olhar/ Tava quase congelando, você veio pra esquentar/ Conheci o amor, e ele me fez ver/ Que eu voei tempo demais, deixa eu pousar em você.” Os versos de amor são de “Contramão”, um dos sucessos de Gustavo Mioto, e mostram como o romantismo é um tema recorrente nas canções do músico de 21 anos.

Filho de Marcos Mioto, um dos maiores contratantes do sertanejo brasileiro, o cantor faz show em Vitória no próximo dia 16, domingo, no Ilha Shows. Para a apresentação, ele promete um fim de tarde em clima romântico, assim como é a maior parte de seu repertório.

Em entrevista ao Gazeta Online, Gustavo Mioto fala sobre o show, a carreira e detalha futuros projetos. Confira o bate-papo:

Como será o show?

A gente vai fazer o show com o DVD. Mas a galera me mataria se eu não levasse alguns sucessos (risos). Vitória sempre é muito bom, o capixaba é sempre muito carinhoso comigo... Estou ansioso para voltar com esse DVD e mostrar as novidades para o público. Dos sucessos, acho que "Anti-amor" é o que mais contagia, o pessoal gosta muito, porque é música de sucesso. A galera só vai ter que dançar no dia (risos).

E já esteve no Espírito Santo? Quais as expectativas para essa nova apresentação na Capital?

Vamos fazer o show baseado no DVD (“Ao Vivo Em São Paulo”). Mas a galera me mataria se eu não levasse alguns sucessos (risos). Vitória sempre é muito bom, o capixaba é sempre muito carinhoso comigo... Estou ansioso para voltar com esse DVD e mostrar as novidades para o público. Dos sucessos, acho que “Anti-amor” é o que mais contagia, o pessoal gosta muito, porque é música de sucesso. A galera só vai ter que dançar no dia (risos).

E o cenário do show? Tem algo de especial?

É o mesmo cenário do DVD, então quem viu o DVD já tem uma noção do que vai ver no show de Vitória. Acho que ele brinca com algumas músicas e promove uma integração da melodia com o visual... Compõe a estética, apresenta uns recortes diferentes. É bem legal.

Falando da carreira: você começou bem cedo. Foi por influência?

Minha família sempre foi toda da música, então eu comecei a entrar no meio deles, cantar uma, cantar outra... Pegar gosto por tentar compor, brincar com as melodias... O primeiro contato acho que foi pequeno, lá com uns seis anos de idade. Mas, na verdade, acho que começou desde o dia em que nasci. A família sempre foi envolvida.

Você é filho de Marcos Mioto, famoso nome no meio sertanejo. Como é essa relação?

A gente acaba tendo um carinho especial um com o outro. Mas ele foi até contra o início da carreira, então acho que não tem muito a ver, diretamente. Mas depois dos primeiros sucessos ele já foi repensando e hoje a relação não poderia ser melhor.

Qual é a grande vantagem de ter começado a trabalhar com arte muito cedo?

Acho que é a mesma coisa que é a maior desvantagem: ganhar e perder tempo. Ganhei tempo. Tenho 21 anos, então está cedo, as coisas ainda estão acontecendo. Pode ser que eu chegue aos 30 e ainda vou estar muito novo, mas ao mesmo tempo perdi uma fase importante, que é a adolescência, essa coisa de jogar bola na rua, faculdade... Eu não tive. Mas é uma fase importante que eu tive que abrir mão por conta de outras coisas. Mas não me arrependo.

Como artista, sente que evoluiu ao longo desses anos no mercado musical?

A cada dia a gente amadurece mais, vai se profissionalizando... A tendência é que a gente vá melhorando, também, então realmente eu enxergo muito diferente as coisas de como eu enxergava há alguns anos. Mas faz parte do processo de amadurecimento e hoje é diferente de como será no futuro. É assim.

Já tem trabalhos à vista?

Já. Acabamos de lançar uma música nova, “Solteiro Não Trai”, e em janeiro estamos com a produção de um projeto novo. DVD novo em setembro do ano que vem, também.

Recentemente fez uma música em parceria com o Lucas Lucco, já cantou com outros nomes importantes, também. As parcerias continuam?

Essas parcerias continuam e foram todas muito boas. A do Lucas (“Briguei Com Um Palhaço”) acabou de lançar, né... Ainda esse ano tem Maiara e Maraísa que eu participei, mas o fato é que é sempre muito positivo. Artistas co mmais tempo de estrada... Todo mundo sempre sai ganhando. É porque eu tenho o que falar e eles têm o que falar. É muito bom.

E essas parcerias se transformam em amizade?

Nenhum desses artistas de que eu falo é o meu melhor amigo. Tenho vários grandes amigos que não são necessariamente artistas.

Você se diz fã de Michael Bublé. Mas ele não canta o seu tipo de música. O admira por algum motivo especial?

Acho que temos que estar abertos a escutar de tudo um pouco. Não pode ficar só no sertanejo. Admiro muitos cantores de fora, sertanejos ou não. Porque você tem uma personalidade própria, mas consegue admirar outros artistas.

E quais são esses outros artistas que admira?

Luan Santana, por exemplo, sempre foi uma inspiração. Mas tem também o Cristiano Araújo e Edson & Hudson.

SERVIÇO

Gustavo Mioto - Verão de Booa Wood's Sunset

Local: Ilha Acústico, Alameda Ponta Formosa, 350, Praia do Canto, Vitória.

Data: 16 de dezembro (domingo), a partir das 16h.

Ingressos: R$ 80 (área vip, inteira); R$ 160 (camarote Wood's, inteira) - Os ingressos têm opção de meia-entrada solidária - Vendas por meio do blueticket.com.br

A Gazeta integra o

Saiba mais
espírito santo vitória espírito santo vitória

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.