ASSINE
Oferecimento:
Modo de Visualização:

De tranças afro a fotografia, coletivo da Serra abre 200 vagas em oficinas

Jovens de Central Carapina, na Serra, terão acesso a oficinas de grafite, fotografia, produção cultural e muito mais

Publicado em 05/10/2021 às 11h03
fotografia imobiliária
Quebrada Potente: jovens terão a oportunidade de aprender técnicas de fotografia. Crédito: Pexels/Pixabay

Arte urbana, compostagem, culinária, fotografia, marketing e produção cultural são algumas das oficinas propostas pelo projeto “Quebrada Potente”. Idealizado pelo coletivo cultural MVÚKA, na Serra, o projeto retoma suas atividades após o hiato por conta da pandemia da Covid-19 ofercendo 200 vagas para jovens de 15 a 29 anos, moradores de Central Carapina, no mesmo município.

Por conta das restrições em decorrência da pandemia do coronavírus, as atividades do projeto irão ocorrer em formato híbrido: presencial e virtual. São três eixos formativos: Arte Urbana; Alimentação Saudável & Sustentabilidade; e Empreendedorismo e Juventude Periférica.

O primeiro eixo contará com oficina de produção de lambe-lambe e grafite com a artista visual e grafiteira Amanda Brommonschenkel. Para essa oficina, 30 jovens serão beneficiados. As inscrições para o primeiro módulo vão até quarta-feira (6) pela internet.

Já no segundo eixo, 20 jovens serão contemplados com a oficina de culinária acessível e saudável, ministrada pelos culinaristas Elaine Charpinel e Gessé Paixão, do negócio Rama Vegana; e outros 20 com a oficina de produção de adubo e compostagem ministrada pela professora e bióloga, Samara Paixão. As inscrições para este módulo começam no dia 9 de outubro.

Para encerrar o ciclo de formação do projeto “Quebrada Potente”, os jovens terão a oportunidade de aprender técnicas de fotografia, com a fotógrafa Naira Pinudo; marketing digital, com a publicitária Jéfica Teixeira; produção cultural, com a publicitária Duana Peixoto; curso de corte de cabelo, com o empresário e barbeiro Allan Fanelli; e oficina de tranças e estética capilar afro com a trancista Andreia Quitéria.

As oficinas de fotografia, marketing e produção cultural serão disponibilizadas 30 vagas cada. Já as de estética capilar e corte de cabelo terão 20 vagas cada uma. Os interessados poderão se inscrever de 17 a 24 de outubro.

“É muito importante que o poder público se volte para os territórios periféricos, como é o caso do nosso bairro, e pense em políticas culturais e sociais efetivas para nossa juventude”, reflete a bacharel em serviço social e integrante do coletivo, Suliana Ferreira.

Todas essas atividades compõem o eixo Empreendedorismo e Juventude Periférica. Premiado pelo edital 029/2019 - Territórios Criativos da Secretaria de Cultura do Estado (Secult), o projeto teve as atividades interrompidas em 2020 por conta da pandemia do coronavírus e retoma nos próximos meses sua execução.

“Esse é o primeiro projeto do coletivo contemplado por um edital. Até então, vínhamos realizando ações de forma independente e com apoio da comunidade. Foi uma enorme alegria recebermos a notícia de que havíamos sido selecionadas pela Secult e que o nosso Quebrada Potente teria apoio com recurso público. A paralisação das atividades por conta da pandemia foi um susto, mas aos poucos, estamos retomando esses fazeres culturais”, conta Suliana Ferreira.

CONFIRAA PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO "QUEBRADA POTENTE"

  • EIXO 1 - Arte Urbana
  • Oficina de grafite e lambe-lambe
  • Inscrições: até 06/10
  • Datas das oficinas: 07/10, 08/10, 09/10 e 10/10
  • Local: Projeto Caminho do Bem

  • EIXO 2 - Alimentação Saudável & Sustentabilidade
  • Oficinas: Culinária Saudável é Acessível; produção de adubo e compostagem
  • Inscrições: 09 a 12/10
  • Datas das oficinas: 16/10

  • EIXO 3 - Empreendedorismo e Juventude Periférica
  • Inscrições: 17 a 24/10
  • Oficinas: Fotografia, Marketing e Produção Cultural (de 25 a 31/11) e Corte de Cabelo e Estética Capilar Afro (07 a 14/11)

A Gazeta integra o

Saiba mais
Cultura Fotografia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.