Conheça o capixaba que vai levar o forró para a Europa

Waderson Santos, o Black do Acordeon, lança seu disco neste domingo (25) e depois parte para sua primeira turnê europeia: "estou ansioso", diz

Publicado em 22/02/2018 às 11h29
Waderson Santos: capixaba vai rodar Europa em turnê para lançar CD autoral. Crédito: Elaine Lane/Divulgação
Waderson Santos: capixaba vai rodar Europa em turnê para lançar CD autoral. Crédito: Elaine Lane/Divulgação

Hoje, aos 30 anos, a “ficha” de Waderson Santos ainda não caiu. O capixaba, quando decidiu se dedicar à música, não poderia imaginar que seu som romperia fronteiras. Ele comemora o convite – devidamente aceito – para a turnê europeia que realiza entre março e abril. Antes, porém, ele lança seu primeiro CD, amanhã, a partir das 19h, no Quintalzinho 40 Graus, na Praia do Canto, em Vitória – a noite ainda conta com a presença de Janaina Pereira, ex-Bicho de Pé. O repertório passeia entre forró, samba, reggae e MPB. “Apesar de ser registrado do Espírito Santo, eu nasci na Bahia. Por isso misturo tanto os ritmos”, conta, às gargalhadas, em entrevista ao C2.

Adotado por um casal capixaba, Waderson faz questão de agradecer aos pais. “Meu pai morreu quando eu tinha quatro anos. Mas minha mãe, que me criou sendo filho único, sempre me apoiou e apoia até hoje. Tanto que a decisão mais difícil que tomei até agora foi a de ir morar em São Paulo, há um ano e meio. Ela sempre me perguntava: ‘Vai ser melhor para você? É o que você quer? E não importava nada mais que isso’”, detalha.

Ele lembra ter tido um “sinal” quando ainda trabalhava em uma empresa e às vezes se sentia obrigado a pegar um papel e começar a escrever uma nova canção. “E aí eu tinha que voltar à minha sala rapidamente para continuar. Naquele ponto eu já acordava mais cedo para treinar acordeon, de que eu sempre gostei, e todo tempo que eu tinha era para esses momentos que para mim eram de lazer”, completa.

A carreira começou tarde, mas a paixão pela música, não. O capixaba comenta que desde pequeno tomou gosto pelas canções e escrevia músicas para ajudar nas matérias da escola. “Se a disciplina falava de preposições, então eu tinha que compor algo que me lembrasse de como usá-las, em que momento, como lembrar quais são”, brinca.

FORRÓ PÉ DE SERRA

A história de Waderson começou no forró pé de serra, quando ele ainda se apresentava timidamente em casas de show de Vila Velha. “Ai fui ficando mais conhecido, comecei a tocar nos festivais de Itaúnas e fui tendo um nome mais de referência na área”, diz.

Até os primeiros contatos “europeus” se deram por conta do ritmo. “Eles gostam muito. Lá existe um movimento muito forte. A Alemanha, por exemplo, é apaixonada (por forró)”, garante.

A turnê que começa dia 1º de março será a primeira, mas não foi a primeira vez que ele recebeu o convite para shows no Velho Continente. “Eles começaram a me ligar de lá, mas eram apresentações muito separadas e pontuais, não ia ser proveitoso. Dessa vez, tenho uma equipe que está me ajudando com essa logística aqui do Brasil e de lá. Na Alemanha tive a ajuda de um parceiro que ajustou grande parte das visitas aos outros países”, relata.

Waderson se diz ansioso para aterrissar na Europa, mas reforça que a ansiedade que está sentindo é “a melhor possível”. “Estou ansioso, mas por outro lado sei que eles gostam do ritmo e sei que eles já me escutam. Sempre recebi muitas mensagens e contatos de donos de escolas de dança, gente que faz festivais desse tipo lá... Até porque tem muitos (festivais). São mais de 50”, detalha.

E de onde veio esse sucesso? “Da internet”, responde o músico. É que ele, desde “quase sempre”, gravava vídeos para postar em um canal que ele mesmo criou no YouTube. Foi a partir da repercussão desses vídeos que começaram a surgir os contatos para shows. “Os primeiros convites para a Europa partiram daí. E tinha muita gente que acompanhava os vídeos que eu publicava”, garante.

Foi quando Waderson Santos, o Black do Acordeon, viu aquela fagulha de oportunidade e decidiu transformar o sucesso na web em uma carreira que pretende continuar trilhando. “Comecei a profissionalizar mais esses vídeos e as pessoas iam cada vez mais ficando fiéis”, finaliza.

Assista a um vídeo do cantor capixaba que irá à Europa:

AGENDA

Na Europa, Waderson vai cumprir uma agenda de shows agitada, com mais de 20 apresentações em seis países do continente. Confira a agenda completa:

01 a 08 de março - Londres - Inglaterra

09 de março - Aachen - Alemanha

10 de março - Turin - Italia

11 de março - Roma - Italia

13 de março - Roma - Italia

16 de março - Berlim - Alemanha

17 de março - Munster - Alemanha

20 de março - Zurique - Suiça

21 de março - Lisboa - Portugal

23 de março - Stuttgart - Alemanha

24 de março - Hamburg - Alemanha

28 de março a 2 de abril - Paris - França

04 de abril - Freiburg - Alemanha

06 de abril - Bonn - Alemanha

Waderson Santos: capixaba vai rodar Europa em turnê para lançar CD autoral. Crédito: Elaine Lane/Divulgação
Waderson Santos: capixaba vai rodar Europa em turnê para lançar CD autoral. Crédito: Elaine Lane/Divulgação
capixaba música capixaba

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.