ASSINE

Em clima de Tóquio 2020: 10 filmes para curtir os Jogos Olímpicos

Entre as dicas, estão o premiado "Carruagens de Fogo", o documentário "Ouro, Suor e Lágrimas" e o suspense "Munique", de Steven Spielberg

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 23/07/2021 às 13h47
Cena do vencedor do Oscar
Cena do vencedor do Oscar "Carruagens de Fogo" (1982). Crédito: 20th Century Studios/Divulgação

Mesmo que o Brasil já tenha dado um "sacode" na Alemanha, vencendo por 4x2 na estreia do torneio de futebol masculino (com direito a três gols do capixaba Richarlison), os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 começaram oficialmente, com direito à cerimônia de abertura e tudo nos conformes, nesta sexta-feira (23).  

Enquanto você faz as contas para saber a quantidade de medalhas que a delegação verde e amarela vai ganhar, o "Divirta-se" entrou no clima esportivo e preparou uma listinha com dez filmes sobre as Olimpíadas para você curtir entre uma transmissão ou outra da TV.

E dá para maratonar sim, pois, por conta do fuso horário, os jogos serão exibidos basicamente de madrugada no Brasil e, durante o dia, curtir um bom filme é uma excelente pedida. Você vai testar o seu fôlego da atleta em frente à televisão. 

Bora pras dicas!

Este vídeo pode te interessar

  1. 01

    CARRUAGENS DE FOGO (1981)

    O clássico dos clássicos, quando o assunto é cinema relacionado aos Jogos Olímpicos. O longa de Hugh Hudson (um diretor extremamente burocrático e com a "mão pesada" quando faz produções grandiosas, o que é o caso de "Carruagens") mostra o dilema de dois atletas, um cristão e um judeu, durante o treinamento e a competição de atletismo nas Olimpíadas de 1924, em Paris. Levou o Oscar de Melhor Filme em 1982 e ficou marcado pela bela trilha sonora de Vangelis, que se tornou o hino de todas as maratonas. Disponível em DVD.

  2. 02

    MUNIQUE (2006)

    Ótimo drama de Steven Spielberg que relembrou o momento mais trágico da história dos Jogos Olímpicos, em Munique 1972, quando onze integrantes da equipe de Israel foram tomados reféns (e mortos) por um grupo terrorista palestino. A produção, de forma ficcional, traz o governo de Israel contratando um grupo para investigar, perseguir e matar os responsáveis pela tragédia. As cenas de suspense compensam o olhar maniqueísta do realizador de ET.  Para alugar na Apple TV e Claro Vídeo. 

  3. 03

    RAÇA (2016)

    O filme dirigido por Stephen Hopkins (um dos melhores da lista) relata a trajetória do norte-americano Jesse Owens (Stephan James), que conquistou quatro medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Berlim, em 1936. Na competição, ele precisou vencer o preconceito de um país governado pelo discurso racista de Adolf Hitler, que pregava o nazismo e a doutrina da supremacia da raça ariana. Em cartaz na HBO Max e Oi Play.

  4. 04

    EU SOU BOLT (2016)

    Documentário que resgata a carreira vitoriosa do velocista jamaicano Usain Bolt, considerado um dos maiores atletas da história dos Jogos. Tricampeão olímpico da prova dos 100m rasos, de Pequim 2008 ao Rio 2016, o projeto mostra, além das conquistas, a vida do astro fora das pistas. Pelé, Neymar e Serena Williams também participam do longa-metragem. Disponível no Telecine Play. 

  5. 05

    OLYMPIA (1938)

    Polêmico projeto dirigido por Leni Riefenstahl e financiado pelo Terceiro Reich para abordar a força da raça ariana durante as Olimpíadas de 1936, em Berlim. O filme, totalmente parcial, é dividido em duas partes: “Ídolos do Estádio” e “Vencedores Olímpicos”. Riefenstahl, de talento apurado, mesmo sob a censura de Hitler conseguiu construir belas imagens.  E sim, mesmo negro, Jesse Owens teve sua trajetória mostrada no documentário. Esta preciosidade está disponível no Looke. 

  6. 06

    OURO, SUOR E LÁGRIMAS (2014)

    Esporte olímpico mais vitorioso do Brasil, o vôlei é retratado neste emocionante documentário disponível no Canal Brasil. Em destaque, as trajetórias até as medalhas de ouro da modalidade em Atenas (2004), no naipe masculino, e Pequim (2008) e Londres (2012), pelo time feminino. Uma "boa" notícia: o doc já está defasado, pois a seleção masculina venceu os jogos Rio 2016. 

  7. 07

    PÓDIO PARA TODOS (2020)

    O projeto da Netflix, inclusivo e necessário, ressalta a vida de nove paratletas de elite, que contam sua trajetória e conquistas olímpicas. Dos mesmos diretores e roteiristas do documentário "McQueen" (2018), o filme conta com fortes depoimentos de atletas consagrados, como a esgrimista italiana Bebe Vio Beatrice, o saltador francês Jean Baptiste Alaize e o velocista inglês Jonnie Peacock. 

  8. 08

    JAMAICA ABAIXO DE ZERO (1993)

    Delicioso filme da Disney, que marcou a infância e a adolescência de muito marmanjo, protagonizado pelo inesquecível John Candy. Na trama, um treinador experiente precisa classificar atletas da ensolarada Jamaica para a competição de trenó dos Jogos Olímpicos de Inverno de Calgary, em 1988. Nem é preciso dizer que o país caribenho não tem tradição alguma em esportes de neve, assim como o Brasil. Ah, sim: é baseado em uma história real. Pode ser conferido na Disney +. 

  9. 09

    TRÊS SEGUNDOS (2017)

    Versão russa para uma das maiores "batalhas" da história olímpica, quando o time de basquete da União Soviética, sob o comando do técnico Vladimir Garanzhin, tenta bater a poderosa seleção norte-americana nos Jogos Olímpicos de Munique (1972). A tensão permanece até os últimos três segundos da partida, quando a decisão de um dos juízes - com a conivência do COI - acaba sendo crucial para a disputa da medalha de Ouro. O cineasta Anton Megerdichev apela para o "patriotrismo soviético", mas o filme garante bons momentos de diversão. Pode ser visto no Telecine Play.  

  10. 10

    EU, TONYA (2017)

    Allison Janney levou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante e brilha como a agressiva mãe da patinadora Tonya Harding (Margot Robbie), uma atleta talentosa que é capaz de descer ao "inferno", a ponto de cometer um atentado contra sua maior rival, Nancy Kerrigan, para sair vitoriosa dos Jogos Olímpicos de Inverno de 1994. A direção cirúrgica de Craig Gillespie ("Cruella") garante qualidade.  Pode ser alugado na Apple TV.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.