Empresas abrem 500 vagas em obras da BR 101 entre Anchieta e Guarapari

Seleção começa neste mês por empreiteiras terceirizadas que vão executar o serviço de duplicação da rodovia

Publicado em 20/08/2020 às 10h03
Atualizado em 20/08/2020 às 10h03
Trecho entre Guarapari tem 22 quilômetros e deve ser entregue em 24 meses, segundo a Eco101
Trecho entre Guarapari tem 22 quilômetros e deve ser entregue em 24 meses, segundo a Eco101. Crédito: Eco101

As empresas que vão executar as obras da BR 101 entre os municípios de Guarapari e Anchieta vão contratar 500 profissionais a partir deste mês. Além dos empregos diretos, a duplicação da rodovia vai gerar outros 500 empregos indiretos. 

De acordo com informações da Eco 101, concessionária responsável pela rodovia, as obras serão realizadas por empresas terceirizadas e as contratações serão feitas por elas durante todo o período. A companhia esclarece que solicitou às empreiteiras responsáveis pelas obras para que priorizem contratações locais e que viabilizem os processos junto ao Sine.

A duplicação de mais de 22 quilômetros de rodovia serão retomadas, após um período de paralisação devido à pandemia do novo coronavírus. O investimento será na ordem de R$ 122 milhões.

O trecho duplicado será entre o km 335 e km 357,7, que vai do trevo de Guarapari ao trevo de acesso a Alfredo Chaves. A previsão é de que a duplicação dure cerca de 24 meses. As obras devem começar nos próximos dias.

Para 2020, a Eco 101 deve investir R$ 84 milhões em obras de duplicação, mais R$ 76 milhões em obras de restauração da rodovia, incluindo o pavimento e sinalização e R$ 20 milhões em outros serviços operacionais. Totalizando R$ 180 milhões em investimentos somente neste ano. Além disso, até 2022 a concessionária deve investir cerca de R$ 763 milhões na BR 101.

Além das obras entre Guarapari e Anchieta, a concessionária mantém as obras de duplicação entre Viana e Guarapari, que começaram em maio de 2018. Deste trecho, 15 quilômetros foram entregues em setembro e outubro de 2019. Os outros 15 quilômetros têm entrega prevista até o final deste ano.

O investimento para esta duplicação girou em torno de R$ 150 milhões, com a geração de 150 postos de trabalho diretos e 50 indiretos.

COMO SE CANDIDATAR

A contratação da mão de obra será feita pelas empresas terceirizadas. A Eco 101 solicitou às empresas responsáveis pelas obras para que priorizem contratações locais e que viabilizem os processos junto ao Sine.

A concessionária também conta com uma área de recrutamento para empregos diretos. Os interessados podem se candidatar às vagas disponíveis no site ou cadastrar o currículo no banco de talentos em www.eco101.com.br na aba “Atendimento” e “Trabalhe Aqui”.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.