ASSINE

Causas de acidentes de trânsito andam na contramão da sensatez

Motorista que causou a morte de universitária em Vila Velha, na quarta-feira (4), foi autuado por embriaguez. Caso engrossa as estatísticas que apontam que 9 em cada 10 acidentes de trânsito poderiam ser evitados com mais bom senso

Publicado em 05/03/2020 às 14h41
Atualizado em 09/03/2020 às 12h15
O Ford Ka ficou completamente destruído após causar o acidente em Vila Velha. Crédito: Internauta
O Ford Ka ficou completamente destruído após causar o acidente em Vila Velha. Crédito: Internauta

A frase pronta diz que “acidentes acontecem”. Mas, no trânsito, a maioria dos eventos trágicos não é mera fatalidade inevitável, mas sim resultado de escolhas infelizes. E a mais fatal delas, a imprudência, fez mais uma vítima nesta quarta-feira (4), no Espírito Santo. Ramona Bergamine Toledo morreu, quando estava parada em um semáforo com sua moto.

A universitária foi atingida por um veículo que invadiu a contramão, na Av. Lindenberg, em Vila Velha. O motorista do Ford Ka que causou a colisão, que envolveu ainda um ônibus e outro carro, recusou-se a realizar o teste do bafômetro, de acordo com a Polícia Militar. Ele foi autuado por embriaguez ao volante. 

A tragédia engrossa as estatísticas de violência no trânsito causadas pela insensatez, em um país em que mais de 90% dos acidentes estão ligados às atitudes dos condutores e, portanto, poderiam ser evitados. Em condição de maior vulnerabilidade nas ruas e estradas, os motociclistas são as maiores vítimas, somando oito em cada dez pessoas atendidas por acidentes no SUS. Casos de invalidez permanente cresceram 142% em dez anos.

O aumento constante da frota de veículos, que tem o déficit do transporte público nos grandes centros como uma das causas, acende um alerta. É preciso investimento de governos na estrutura de vias e em mobilidade. No entanto, milhões em verbas não serão capazes de mudar esse cenário enquanto motoristas, motociclistas e pedestres não assumirem seu protagonismo nessa luta. Educação é o caminho mais seguro.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Vila Velha Vila Velha acidente trânsito

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.