ASSINE

Taxa de custódia do título Tesouro Selic até R$ 10 mil é zerada

O Tesouro Nacional e a B3 anunciaram que a partir de 1° de agosto, a tarifa atual de 0,25% ao ano cairá para 0% nesses casos

Publicado em 23/07/2020 às 16h17

O Tesouro Nacional e a B3 - que opera a Bolsa de Valores de São Paulo - anunciaram nesta quinta-feira (23) que vão zerar a taxa de custódia do título Tesouro Selic para os R$ 10 mil iniciais aplicados nesse papel.

Taxa Selic está no menor patamar da história
Taxa Selic está no menor patamar da história. Crédito: Reprodução/Web

A partir de 1º de agosto, a tarifa atual de 0,25% ao ano cairá para 0% nesses casos.

O Tesouro Selic é um título de dívida pública emitido pelo governo federal com remuneração atrelada à taxa básica de juros da economia.

Hoje, o programa Tesouro Direto tem 1,3 milhão de investidores ativos. Com a mudança, um terço deles terá isenção total da tarifa.

Pessoas com aplicações em valores mais altos também terão isenção em R$ 10 mil investidos, com cobrança apenas sobre o valor excedente.

Um investidor com R$ 11 mil aplicados no Tesouro Selic, por exemplo, pagará taxa de custódia apenas sobre os R$ 1 mil excedentes.

De acordo com o Tesouro, no total, 53% do total de investidores do programa terão redução de custo.

Bolsa de Valores Mercado Financeiro Taxa Selic Tesouro Nacional

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.