ASSINE

BTG é alvo de operação que investiga vazamento de dados da Selic

Operação foi deflagrada pelo Ministério Público Federal de São Paulo e também pela Polícia Federal

Publicado em 03/10/2019 às 12h09
Fechada de uma das unidades do BTG Pactual, em São Paulo. Crédito: Reprodução/Facebook do BTG
Fechada de uma das unidades do BTG Pactual, em São Paulo. Crédito: Reprodução/Facebook do BTG

AGÊNCIA ESTAD0 - Uma operação conjunta do Ministério Público Federal em São Paulo (MPF-SP) e Polícia Federal investiga vazamentos de resultados de reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) ocorridos nos anos de 2010, 2011 e 2012. A deflagração da operação "Estrela Cadente" ocorreu nesta quinta-feira, 3.

Segundo informação que consta no site do MPF-SP, a investigação, instaurada a partir de colaboração premiada do ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci, apura o fornecimento de informações sigilosas sobre alterações na taxa Selic, por parte da cúpula do Ministério da Fazenda e do Banco Central, em favor de um fundo de investimento administrado pelo BTG Pactual, que, com elas, teria obtido lucros extraordinários de dezenas de milhões de reais.

Na operação, está sendo cumprido um mandado de busca e apreensão, expedido pela Justiça Federal de São Paulo, no endereço sede do Banco BTG Pactual em São Paulo, para levantamento de novas evidências sobre o caso sob investigação.

Ainda de acordo com informação do MPF, é investigada a possível prática, entre outros, dos crimes tipificados nos artigos 317 (corrupção passiva) e 333 (corrupção ativa), ambos do Código Penal, art. 27-D, da Lei nº 6.385/76 (informação privilegiada), bem como o art. 1º, da Lei nº 9.613/98 (lavagem e ocultação de ativos).

Os detalhes do inquérito policial, segundo o MPF, seguem sob segredo de justiça.

Até o fechamento deste texto, a reportagem não havia obtido o posicionamento dos citados.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.