ASSINE

Bolsonaro reafirma compromisso com teto e descarta auxílios permanentes

As fala do mandatário ocorre em meio à pressão pela renovação do auxílio emergencial, benefício criado para reduzir os impactos da crise da Covid-19

Publicado em 26/01/2021 às 10h54
Presidente da República, Jair Bolsonaro
Presidente da República, Jair Bolsonaro, reafirma compromisso de teto e descarta permanência de anticrise. Crédito: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro declarou nesta terça-feira (26) que o governo tem compromisso com o teto de gastos e descartou que medidas anticrise se tornem permanentes.

As fala do mandatário ocorre em meio à pressão pela renovação do auxílio emergencial, benefício criado para reduzir os impactos da crise da Covid-19 na população que perdeu renda na pandemia.

"No âmbito fiscal manteremos firme o compromisso com a regra do teto de despesas como âncora da sustentabilidade e credibilidade econômica", disse o presidente, em uma videoconferência promovida pelo banco Credit Suisse.

"Não vamos deixar que medidas temporárias relacionadas com a crise se tornem compromissos permanente de despesas".

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.