ASSINE

Uso adequado das tecnologias na educação fortalece valores

Manter o ser humano no centro da evolução digital é premissa da Escola Monteiro, que há mais de 50 anos defende que moderno é humanizar

  • Escola Monteiro

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 08/10/2021 às 18h30
O afeto e o acolhimento são marcas da relação da Escola Monteiro com os alunos e as famílias.
O afeto e o acolhimento são marcas da relação da Escola Monteiro com os alunos e as famílias. Crédito: Talita Vieira/Escola Monteiro/Divulgação

A tecnologia nunca esteve tão em alta e, quando usada com inteligência, senso crítico e criatividade, anda de mãos dadas com o processo de ensino-aprendizagem. E, em tempos de pandemia, ela foi fundamental para permitir a continuidade do ensino, mesmo com as limitações e as necessidades de adaptação de toda a comunidade escolar.

Mesmo em um mundo cada vez mais conectado, a essência da Escola Monteiro sempre foi a humanização. “Temos uma história de mais de 50 anos de atuação. Nossa essência sempre foi a humanização. Nosso slogan, inclusive, diz isso: moderno, para nós, é humanizar. E a humanização deve levar em conta a inovação e as possibilidades que surgem a partir daí”, afirma a diretora pedagógica da escola, Penha Tótola.

Segundo ela, as crianças aprenderam que é possível estar junto na distância, utilizando ferramentas para realizar trabalhos, encontros e produzir material de forma colaborativa.

A aluna do 7º ano Clara Alcantara Rodrigues, 12, confirma o aprendizado: “No início, a gente precisou aprender e se adaptar. Depois, foi muito legal trabalhar em pequenos grupos, produzir apresentações, discutir conteúdo e organizar materiais em tempo real. Cada um dando sua contribuição. A escola conseguiu transformar algo que não é tão bom, por conta da pandemia, em oportunidade.”

Mesmo em um mundo cada vez mais conectado, a essência da Escola Monteiro sempre foi a humanização.
Mesmo em um mundo cada vez mais conectado, a essência da Escola Monteiro sempre foi a humanização. . Crédito: Talita Vieira/Escola Monteiro/Divulgação

Produção de vídeos, contando histórias de cordel; cartazes sobre causas relacionadas com os conteúdos; podcasts; oficinas temáticas e animes; peças de teatro online para os pais; apresentações sobre questões ambientais; e telejornais são algumas das atividades realizadas pelos estudantes.

“Produzimos também um jornal antigo para a disciplina de História, relacionando fatos históricos ao universo de fake news dos nossos tempos, o que nos permitiu uma discussão sobre a disciplina e a atualidade. Cada um fez uma matéria e construímos a diagramação juntos”, conta Clara.

Segundo a diretora pedagógica, o objetivo da Escola Monteiro sempre foi oferecer um ensino humanizado e diferenciado. “O afeto e o acolhimento são marcas da nossa relação com os alunos e as famílias. O período histórico tão difícil e desafiador reforçou claramente a importância desse suporte e da parceria entre família e escola não só para garantir melhor aproveitamento e resultados na aprendizagem, mas também para a saúde mental e bem-estar dos nossos alunos, o que sempre nos mobilizou.”

Em tempos de pandemia, a tecnologia foi fundamental para permitir a continuidade do ensino.
Em tempos de pandemia, a tecnologia foi fundamental para permitir a continuidade do ensino. Crédito: Talita Vieira/Escola Monteiro/Divulgação

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

A educação ambiental também é destaque na escola. Um dos projetos que chama a atenção é sobre o consumo consciente e o descarte adequado dos resíduos, coordenado pelas professoras Jackeline Gusman e Kelly Carrareto, que conta com a parceria da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Vitória. Ele é voltado para os alunos do 5º ano do ensino fundamental.

“Nosso objetivo é despertar nos alunos o interesse em protagonizar uma intervenção prática conjunta, seja na escola, seja em casa, seja no condomínio onde moram, orientando-os sobre a importância de cada um para a sustentabilidade e para o bem-estar de todos. A reflexão sobre o consumo consciente de produtos, de água e dos demais recursos naturais, ressaltando, entre outros pontos, a importância da reciclagem e da destinação adequada dos resíduos, é fundamental para mudar nossos hábitos e nossa relação com o meio”, explica Jackeline.

ESCOLA MONTEIRO

Telefone:

(27) 3325-3941 e (27) 99255-2359

Instagram:

Facebook:

Endereço:

Rua Eng. Guilherme José Monjardim Varejão, 20 Enseada do Suá, Vitória-ES, Cep. 29050-260

Este é um conteúdo de responsabilidade do anunciante.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Educação Tecnologia Educação

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.