ASSINE

Selo SomosCoop identifica produtos e serviços das cooperativas

Iniciativa, que pode ser encontrada em embalagens, fachadas e publicações nas redes sociais, ajuda a reconhecer itens que trazem os valores e princípios humanos do cooperativismo

  • Sistema OCB/ES

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 01/07/2021 às 09h41
OCB-ES: Selo somoscoop
Com o selo SomosCoop, os clientes têm a certeza de que estão adquirindo itens com qualidade. Crédito: OCB-ES/Divulgação

Já foi o tempo em que os consumidores costumavam escolher produtos e serviços somente pelo preço ou qualidade. Atualmente, esses são apenas alguns dos fatores que influenciam a tomada de decisão. De acordo com a pesquisa “2021 Global Marketing Trends – Find your focus”, realizada pela Deloitte, o processo de escolha vem considerando, cada vez mais, os valores que as marcas carregam.

Diante dessa tendência, o cooperativismo se destaca de outros modelos de negócio presentes no mercado. Desde o início da sua história, esse movimento foi constituído tendo como base princípios e valores humanos. Em sua atuação, as cooperativas buscam atender às necessidades da sociedade de modo responsável, levando em conta o respeito pelo meio ambiente, o foco nas pessoas e a promoção de um desenvolvimento econômico diretamente alinhado ao social.

Para ajudar os consumidores a reconhecer os produtos e serviços oriundos do cooperativismo, desde 2017 as cooperativas brasileiras contam com um selo chamado SomosCoop, que já pode ser encontrado em embalagens, fachadas e até publicações nas redes sociais. Com ele, os clientes têm a certeza de que estão adquirindo itens com qualidade, comprometidos com a responsabilidade social e que geram oportunidades, emprego, renda e dignidade para milhares de pessoas. É o que explica o superintendente do Sistema OCB/ES, Carlos André Santos de Oliveira.

“O movimento cooperativista tem uma importante função para toda a sociedade. Apenas para termos uma noção: no Espírito Santo, uma em cada 10 pessoas é associada a uma cooperativa. Somos mais de 435 mil cooperados e geramos mais de 9 mil empregos diretos e formais. Além disso, as nossas cooperativas sempre trabalham respeitando o ser humano e o meio ambiente. Temos, inclusive, produtos que são reconhecidos por essas características”, aponta Carlos André.

Superintendente do Sistema OCB/ES, Carlos André Santos de Oliveira
Para Carlos André Santos de Oliveira, o movimento cooperativista tem uma importante função para toda a sociedade. Crédito: OCB-ES/Divulgação

UM MOVIMENTO NACIONAL

O selo faz parte de um movimento maior, criado pela unidade nacional do cooperativismo brasileiro, o Sistema OCB. Com adesão de cooperativas de todo o país, o movimento leva o mesmo nome do selo: SomosCoop. Ele foi pensado para divulgar o cooperativismo e despertar o orgulho de ser coop. O principal objetivo é unir cooperativas, cooperados e conectar pessoas que acreditam que o mundo pode ser mais justo e feliz. O Movimento SomosCoop mostra o orgulho de fazer parte dessa rede.

No Espírito Santo, esse sentimento de pertencimento e rede de cooperação está crescendo, avalia o superintendente do Sistema OCB/ES. Ele destaca que as cooperativas estão amplamente presentes no mercado, atuando nos ramos Agropecuário, Consumo, Crédito, Infraestrutura, Trabalho, Produção de bens e serviços, Saúde e Transporte.

“Muitas cooperativas capixabas já aderiram ao selo SomosCoop. Isso facilita mostrar para a sociedade as várias opções de produtos e serviços cooperativistas que se pode escolher em diferentes momentos do dia, desde um produto consumido no café da manhã até um transporte para voltar para casa”, pontua Carlos André.

Para o presidente do Sistema OCB/ES, Pedro Scarpi Melhorim, a adoção da marca unifica a origem de todas essas alternativas. Ele destaca que, cada vez mais, as cooperativas capixabas vêm adotando a iniciativa.

presidente do Sistema OCB/ES, Pedro Scarpi Melhorim
Pedro Scarpi Melhorim avalia que o selo ajuda o cliente em suas escolhas, que promovem transformações positivas. Crédito: OCB-ES/Divulgação

“Quando o cliente vê a marca do selo SomosCoop estampada, ela já sabe que essa escolha ajuda a provocar transformações positivas em nossa sociedade, o que está completamente de acordo com aquilo que os consumidores vêm apresentando como demanda. As empresas precisam entregar sempre mais, e o cooperativismo já faz isso com o selo”, completa.

TENISTA GUGA AJUDA A DIVULGAR SELO

Desde 2019, o movimento SomosCoop ganhou um reforço especial. O tenista Gustavo Kuerten, o Guga, vem ajudando a divulgar o selo e mostrar como o cooperativismo apresenta boas opções para os clientes. Com o slogan “Vem ser coop! Tudo ao seu redor já é”, a campanha ganhou as páginas de revistas, jornais, espaço na TV, rádio e até no ambiente on-line.

Para o presidente do Sistema OCB/ES, a iniciativa é fundamental para fazer com que o selo seja cada vez mais conhecido. “É importante que a sociedade saiba que o ato de compra ou a escolha de um serviço gera um impacto, que pode ser positivo ou negativo a depender da escolha feita, inclusive no futuro. Quando divulgamos todos os benefícios que o cooperativismo tem para as pessoas e o meio onde vivem, contribuímos positivamente para escolhas de consumo mais conscientes e mostramos que pequenas ações são capazes de mudar o mundo e transformar histórias”, finaliza.

Para conhecer mais sobre o movimento e o selo SomosCoop, acesse https://www.somos.coop.br/

OCB-ES: Guga participa de campanha
O tenista Guga participa de campanha para divulgar o selo e a importância do cooperativismo . Crédito: Sistema OCB/Divulgação

Este texto não traduz, necessariamente, a opinião de A Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais
Cooperativas

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.