ASSINE

Rede de padarias centraliza produção para manter padrão de qualidade

Presente na Grande Vitória, Monza construiu central de produção de 1,3 mil metros quadrados para abastecer as 10 unidades da rede

Tempo de leitura: 2min
  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 05/07/2022 às 18h33
Monza
Central de Produção da Monza prepara as delícias que são distribuídas para as padarias da rede. Crédito: Monza/Divulgação

Manter a qualidade dos produtos é um desafio para qualquer rede de alimentação. No caso da Padaria Monza, não é diferente. Para preservar seu alto padrão e sabor, a empresa desenvolveu e executou um projeto de centralização da produção a fim de abastecer suas 10 unidades, todas localizadas em pontos estratégicos da Grande Vitória.

Monza
Fabricação de pães  na estrutura da Monza. Crédito: Monza/Divulgação

A transição para a produção centralizada teve início em maio de 2010 e, atualmente, já compreende 70% de todo o abastecimento diário da Monza. De acordo com a gerente de Operações da empresa, Flavia Nicolau, a central de produção, que fica situada em uma área de quase 1,3 mil metros quadrados no bairro Jardim Tropical, na Serra, prepara itens de padaria, rotisseria e confeitaria.

Gerente de Operações da Monza, Flavia Nicolau
A gerente de Operações da Monza, Flavia Nicolau, detalha as iniciativas da empresa. Crédito: Monza/Divulgação

“A central de produção foi criada com o objetivo de ter um padrão de qualidade e uniformidade dos produtos, além de facilitar a expansão por novas lojas”, explica a gerente,  responsável pela equipe operacional composta por 70 colaboradores, que atuam em 15 setores de produção, além de câmaras frias e depósitos de não perecíveis.

COMO FUNCIONA A PRODUÇÃO

Na central, a matéria-prima é avaliada pelo setor de pré-pesagem e separada para fabricação de produtos acabados e semiacabados. “Isso porque alguns produtos recebem acabamento no local e outros ganham a finalização nas padarias”, informa Flavia Nicolau.

Monza
Uma das opções da confeitaria da rede. Crédito: Monza/Divulgação

A produção é dividida em setores, como expedição, estoque, confeitaria, recheios e molhos, padaria, salgados e sanduíches, massas, forno, embalagem e congelados. Todos os processos são organizados para atender à demanda diária.

A produção diária foca produtos sensíveis, como sanduíches, tortas salgadas, bolos secos e pães de massa doce. “Além disso, produzimos itens para armazenamento em programação semanal a quinzenal, que são finalizados nas padarias, como pão francês, salgadinhos, pães de queijo, croissant e empadão”, ressalta a gerente de Operações.

CONTROLE DE QUALIDADE

A central de produção, acrescenta, conta com uma equipe especializada de profissionais da área de alimentos, como nutricionistas, que executam atividades como a seleção de fornecedores, recebimento de insumos, validação de produtos, controle de amostragem, monitoramento das boas práticas de fabricação dos produtos e acompanhamento de distribuição nas unidades.

Delícia produzida pela padaria Monza
Torta também uma das atrações do cardápio da empresa. Crédito: Monza/Divulgação

“O planejamento de produção é realizado diariamente com base no controle de qualidade e tem como principais objetivos a satisfação e fidelização do cliente, bem como a segurança e qualidade dos alimentos”, salienta.

CARROS-CHEFES

Sobre os produtos preferidos dos clientes, Flavia Nicolau responde: “Entre todas as nossas delícias, os queridinhos são o pão de queijo, caldos, sanduba, bolos e o nosso carro-chefe, claro, o pão francês quentinho”.

Monza
Pão francês, o carro-chefe das vendas diárias nas padarias. Crédito: Monza/Divulgação

Este é um conteúdo de responsabilidade do anunciante.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.