ASSINE

Pizzaria napolitana traz sabor da Itália para a Praia do Canto

Na La Musa, os ingredientes são selecionados e o ambiente é informal e contemporâneo. O local serve até hambúrguer revestido com a tradicional massa

Tempo de leitura: 3min
  • La Musa Pizzeria Napoletana

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 13/06/2022 às 17h23
Pizza napoletana com presunto de parma e rúcula
A pizza napoletana que tem ganhado espaço no mercado brasileiro e conquistado uma nova legião de apreciadores. Crédito: La Musa/Divulgação

Ela é macia, aerada e desmancha na boca de tanto sabor. Chega à mesa esbanjando um aroma de pão perfumado e com a fermentação controlada não pesa no estômago, já que é facilmente digerível. Para se tornar um patrimônio imaterial da Unesco, em 2017, não precisou de muito: apenas quatro ingredientes e muita técnica. Se você não sabe de quem ou do que estamos falando, aqui vai uma dica final: ela é símbolo da gastronomia italiana.

Quem pensou na pizza, acertou. Mas não estamos falando de qualquer uma. É a napoletana, ou napolitana, na versão aportuguesada, que tem ganhado espaço no mercado brasileiro e conquistado uma nova legião de apreciadores. Antes que alguém diga que pizza é tudo igual, o proprietário da La Musa, Felipe Delboni, a primeira pizzaria napoletana do Espírito Santo, afirma que essa é diferenciada e envolve muita mão na massa.

“O primeiro ponto importante da pizza napoletana é a utilização de ingredientes específicos previsto pela Associação Verace Pizza Napoletana (AVPN), criada para proteger a receita original e difundi-la pelo mundo. Por isso, precisei fazer um curso na Escola Internacional de Cozinha Italiana (ICIF), para conhecer a fundo as características principais”, explica Delboni, proprietário também do Restaurante Spaghetti, tradicional casa italiana no ES, com unidades em Vitória e Vila Velha.

Essa lista de especificações é extensa, mas é o que garante a experiência de saborear uma pizza como se estivesse na cidade de Nápole, na Itália, local onde nasceu a receita tradicional.

A farinha, por exemplo, precisa ser do tipo 00, mais pura e com alto teor de proteína. Segundo Delboni, é ela que permite uma fermentação mais longa e 100% natural de, no mínimo, 8 horas. Na La Musa, entretanto, a massa descansa por no mínimo 24 horas.

INGREDIENTES SELECIONADOS

No preparo são utilizados tomates italianos pelati, do tipo san marzano, muçarela de búfala ou fior di latte (muçarela fresca feita com leite de vaca) e todo o processo de abertura do disco é feito a mão. Ou seja, apesar das pitadas de modernidade, o preparo da pizza napoletana conserva a história e a tradição da receita, mesmo tendo sido importada no início do século XX.

“Na minha opinião, todas as pizzas são saborosas, sempre fui um grande consumidor. A principal diferença da nossa, é a massa, que aqui ganha um destaque maior. Culturalmente, o brasileiro sempre valorizou mais o recheio, mas com as nossas técnicas a massa passa a ser a protagonista, pois além de mais saborosa, é também de mais fácil digestão.”, ressalta Delboni.

Pizzas napoletanas de vários sabores da La Musa
Na La Musa, as opções são variadas, incluindo um recheio inusitado com mortadela italiana e pistache, e sabores mais tradicionais como carbonara e parma com rúcula. Crédito: La Musa/Divulgação

A mais clássica é a pizza marguerita que conta com os ingredientes mais tradicionais, como molho de tomate, fior di latte, queijo parmesão e manjericão. Mas na La Musa, as opções são variadas, incluindo um recheio inusitado com mortadela italiana e pistache, e sabores mais tradicionais como carbonara e parma com rúcula.

Para quem não dispensa uma sobremesa, ainda há opções doces como a deliciosa pizza de nutella com pistache, além das bombas recheadas, que serão lançadas em breve, com destaque para a de doce de leite com lâminas de amêndoas.

HAMBÚRGUER DE MASSA DE PIZZA

Mas não para por aí. Com uma proposta mais contemporânea e despojada, a La Musa decidiu investir em um novo produto adaptando a receita napoletana aos amantes do hambúrguer. Assim nasceu o Musa Burger, um hambúrguer feito com a massa da pizza.

Hamburguer feito com massa de pizza napoletana
O Musa Burger é um hambúrguer feito com a tradicional massa da pizza napoletana. Crédito: La Musa/Divulgação

“Ele leva hambúrguer de fraldinha, queijo cheddar, cebola caramelizada e picles de pepino. A carne de hambúrguer é previamente grelhada, revestida pela massa e assada no forno”, detalha Felipe Delboni.

Quem ficou na vontade e cheio de água na boca pela pizza ou pelo hambúrguer, a La Musa Pizzeria, localizada na Praia do Canto, em Vitória, reúne todas essas opções em um espaço informal e moderno, ideal para curtir com os amigos e experimentar uma receita cheia de história. Afinal, quem diria que com apenas água, fermento, sal e farinha, seria possível criar uma das maiores experiências gastronômicas do mundo? E o melhor, disponível também no Espírito Santo.

LA MUSA PIZZERIA NAPOLETANA

Fachada da pizzaria La Musa no Espírito Santo
A La Musa Pizzeria, localizada na Praia do Canto, em Vitória, reúne todas essas opções em um espaço informal e moderno. Crédito: La Musa/Divulgação

Endereço

Rua Chapot Presvot, 425, Praia do Canto, Vitória - ES

Telefone

(27) 3441-9523

Instagram

Atendimento

Local e Delivery (Americana Delivery e iFood)

Este é um conteúdo de responsabilidade do anunciante.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.