ASSINE

Grupo Águia Branca promove desenvolvimento sustentável no ES

Em consonância com as melhores práticas de ESG, empresa aposta em geração de energia limpa, preservação da natureza e novos projetos em 2022

  • Águia Branca

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 24/11/2021 às 10h05
Reserva da Águia Branca preserva mais de 800 espécies da fauna e flora.
Reserva da Águia Branca preserva mais de 800 espécies da fauna e flora. Crédito: Grupo Águia Branca/Divulgação

Buscar as melhores práticas sustentáveis tem sido um dos principais objetivos das maiores empresas do mundo, que adotam o conceito de ESG (Environmental, Social and Governance – Ambiental, Social e Governança). O Grupo Águia Branca pratica esta nova política e encontrou maneiras de reduzir o impacto de suas atividades de forma eficiente.

Dentre as diversas ações, duas recentes se destacam: a criação da Reserva Águia Branca e a implementação do primeiro projeto voltado à geração de energia: a AB Energias Renováveis.

Criada em 2017, a Reserva Águia Branca possui 2.225 hectares com vasta diversidade de fauna e flora, sendo 76,3% já definidas como Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) e o restante em fase de formalização. No caso específico da unidade de conservação, ela ajuda a preservar mais de 800 espécies de plantas e animais já identificadas, como a saíra apunhalada (Nemosiarourei), que chegou a ser considerada extinta no Brasil.

“Por meio da Reserva, firmamos um compromisso com o futuro e estamos felizes pela oportunidade de compartilhar essa área belíssima, que temos orgulho de cuidar enquanto promovemos a reconexão das pessoas com a natureza”, destaca o presidente do Grupo Águia Branca, Renan Chieppe, que a defende como um importante legado para as futuras gerações.

A AB Energias Renováveis, por sua vez, é um consórcio formado pelas empresas do Grupo localizadas nos estados do Espírito Santo e Minas Gerais, e tem a finalidade de gerar energia solar (um tipo de energia limpa).

Renan Chieppe explica que o desenvolvimento sustentável faz parte do dia a dia da empresa:
Renan Chieppe explica que o desenvolvimento sustentável faz parte do dia a dia da empresa: "Temos este compromisso". Crédito: Grupo Águia Branca/Divulgação

O Grupo Águia Branca atuará no regime de compensação de energia elétrica, ou seja, toda a energia gerada pelas usinas será injetada nas redes de distribuição da EDP (ES) e da Cemig (MG), gerando créditos de compensação nas faturas de 98 unidades consumidoras localizadas em diversas cidades desses estados.

“Este é um projeto pioneiro, estamos falando do primeiro consórcio privado para geração de energia solar do Espírito Santo. E para avaliar a viabilidade de transformá-lo efetivamente em novo negócio, é preciso concluir sua implantação e consolidar o modelo de operação”, destaca o presidente.

INVESTIMENTO DE MAIS DE R$ 10 MILHÕES

A AB Energias Renováveis é o resultado de um investimento de mais de R$ 10 milhões para a construção de duas usinas de geração de energia solar, sendo uma no Espírito Santo, na cidade de Pinheiros, e outra em Minas Gerais.

No Espírito Santo, serão 2,6 megawatt/pico em potência (MWp) e em Minas, 0,7 MWp. Para efeito de comparação, isso é energia equivalente ao consumo de mais de 2.600 residências e evita o lançamento de mais de 2,8 mil toneladas de gás carbônico por ano na atmosfera.

PLANOS DE CONSOLIDAÇÃO DA ESG EM 2022

Em 2021, o Grupo Águia Branca realizou o primeiro diagnóstico de sustentabilidade, que envolveu uma ampla consulta com acionistas, clientes, fornecedores, colaboradores e outros públicos estratégicos sobre temas mais relevantes relacionados aos negócios.

“Apesar de termos muitas iniciativas nas áreas social, ambiental e de governança, sentimos a necessidade de consolidar e potencializar nosso impacto positivo a partir da visão desses públicos e também conhecer os pontos de melhoria”, explica Adriana Denadai, assessora de comunicação e sustentabilidade do Grupo.

Denadai destaca que a partir de 2022, o desenvolvimento de pessoas e o relacionamento com as comunidades serão temas sociais que demandarão atenção especial, diante do desafio de crescimento e expansão do Grupo Águia Branca.

“Na área ambiental, seguiremos avançando em estudos e projetos relacionados à mudança da nossa matriz energética e redução e/ou mitigação das emissões de gases do efeito estufa, além de potencializar a nossa contribuição para a preservação da biodiversidade por meio da Reserva Águia Branca. Em governança, onde temos maturidade muito acima do padrão de mercado, nosso investimento será na preparação dos jovens acionistas e no desenvolvimento de lideranças em todos os níveis”, destaca.

O presidente do Grupo Águia Branca, Renan Chieppe, explica que esta forma de pensar já faz parte do dia a dia da empresa e continuará se expandir.

“Somos uma empresa de origem familiar, mas de gestão profissional. No decorrer dos anos, com ajuda de especialistas e consultorias, fomos tomando medidas para fortalecer nossa governança, nossa atuação. Começamos a identificar nossa matriz de materialidade, que aponta os tópicos de maior impacto do nosso negócio. E a partir dela, poderemos monitorar com mais assertividade esses temas e estabelecer ou aperfeiçoar indicadores para cada um deles. Temos esse compromisso com nossos clientes, com nossos colaboradores, com a sociedade.”

VOCÊ SABIA?

A sigla ESG advém do termo em inglês Environmental, Social and Governance – ou, em português, ASG, referindo-se à Ambiental, Social e Governança. No mundo dos investimentos, investimento ESG é aquele que incorpora questões ambientais, sociais e de governança como critérios na análise, indo além das tradicionais métricas econômico-financeiras e, com isso, permitindo uma avaliação das empresas de forma mais completa.

Este é um conteúdo de responsabilidade do anunciante.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.