ASSINE

Como fazer um bom currículo e chamar atenção da empresa

Confira a dica dos especialistas e garanta um oportunidade de emprego

Publicado em 29/08/2019 às 16h44
Currículo. Crédito: Pixabay
Currículo. Crédito: Pixabay

O currículo funciona como um cartão de visitas de um profissional. É com esse documento que o candidato apresenta as suas experiências e formação na hora de concorrer a uma vaga de emprego. E para chamar a atenção da empresa, é necessário que o currículo tenha informações objetivas.

“O recrutador leva de 2 a 5 segundos para avaliar as principais informações do candidato, por isso é necessário deixar claro quais são os objetivos para aquele cargo”, destaca a psicóloga Daniela Morais.

Este vídeo pode te interessar

Já o especialista em gestão de pessoas e palestrante Paulo Vieira completa dizendo que o currículo é a fotografia das competências, ou seja, aquilo que o profissional tem a entregar para a empresa.

“O documento deve ser o menor possível, contendo as experiências, os resultados obtidos em cada local que trabalhou e suas realizações”, afirma.

COMO FAZER UM CURRÍCULO

De acordo com a psicóloga Martha Zouain, o currículo deve ser um documento sóbrio e que de destaque apenas para as informações necessárias. Confira as dicas:

1 - Logo no início, ela sugere que o candidato indique o objetivo para estar se candidatando à vaga;

2 - Em seguida, fazer uma síntese das realizações obtidas durante sua experiência profissional;

3 - O candidato pode descrever quais responsabilidades desempenhou durante suas experiências;

4 - Na sequência, devem vir detalhes sobre a formação acadêmica do candidato.

5 - Quem procura o primeiro emprego, ou está em busca de um estágio, vale a pena valorizar a formação educacional. Nesse quesito vale colocar trabalhos desenvolvidos na faculdade, palestras, cursos realizados, tudo que possa valorizar sua formação educacional.

6 - Em seguida, devem vir detalhes sobre a formação do candidato, como faculdade, cursos, formações técnicas e outros, sempre informando o nome da instituição, curso e data de conclusão. Se a capacitação em questão ainda não tiver sido concluída, o candidato deve incluir o mês e ano previsto para a conclusão. Um alerta: o histórico profissional deve ser organizado em ordem cronológica, da atividade ou emprego mais recente para o mais antigo.

 

 

 

 

A Gazeta integra o

Saiba mais
curriculo emprego

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.