ASSINE
Rodrigo Lima é empresário no mercado de automóveis premium, estética automotiva e marketing digital. Um empreendedor sempre na vanguarda das novas tendências no mercado de luxo e estilo de vida.

Vale a pena ter um carro superesportivo no Brasil?

Apesar do mundo automotivo envolver variados modelos, os que mais chamam a atenção do público em geral são os superesportivos pelo fato de exibirem design inovador e imponente, além de terem um motor de alta potência

Vitória
Publicado em 03/12/2021 às 01h59
Em exposição no Salão Concept, Ferrari 488 Spider, Audi R8 V10 e Mercedes-benz AMG GTS.
Em exposição no Salão Concept, Ferrari 488 Spider, Audi R8 V10 e Mercedes-benz AMG GTS. Crédito: Danilo Schellmann

É inegável que o brasileiro é entusiasta por carros, haja vista as diversas pesquisas que esse sonho está entre os primeiros a serem almejados.

Apesar do mundo automotivo envolver variados modelos, os que mais chamam a atenção do público em geral são os superesportivos pelo fato de exibirem design inovador e imponente, além de terem um motor de alta potência.

Em primeiro lugar, deve-se categorizar o que é um supercarro. Conceitua-se como um veículo de alta performance para pistas, que conta com um motor extravagante e os moldes todos pensados na aceleração e desempenho.

Nesse entendimento, os exemplos clássicos são as Ferraris, Lambos, BMW M, Mercedes AMG, Audi RS, McLarens, entre outros. E, de fato, atraem os olhares por ondem passam, pois carregam em si design encantador e esportividade de alto nível, aclamando a marca do automobilismo.

Mercedes-AMG GTS: safetycar da Fórmula 1, o superesportivo emblemático da Mercedes-AMG, divisão de superesportivos da Mercedes-Benz.
Mercedes-AMG GTS: safetycar da Fórmula 1, o superesportivo emblemático da Mercedes-AMG, divisão de superesportivos da Mercedes-Benz. Crédito: Ueliton Santos

Com rara presença dessas supermáquinas, há de se pensar se é viável possuir uma dessas por aqui, por não ser tão comum encontrá-las, custarem um valor bem acima da média e gerar a ideia que não existem pistas para usá-las.

Este vídeo pode te interessar

No que diz respeito ao valor e raridade, de fato, esse produto é constituído pelo ápice de elementos da engenharia, visto que é criado para acelerar e trazer o sentimento de pilotagem máxima. Por isso, seus materiais são artesanais, no que diz respeito ao motor, montagem e plataforma. Sendo produzidos em baixa escala e formatados para um público seleto.

Quando pensamos no território brasileiro, somos acostumados com pistas de má qualidade em geral, e até duvidamos que é possível se ter um veículo de alta performance, já que ele possui baixa suspensão e aparente fragilidade a buracos.

De fato, esses autos não costumam rodar em qualquer terreno, mas seus donos sabem desfrutar o prazer de dirigir uma máquina dessas, e geralmente percorrem por rodovias privatizadas que tenham asfalto de qualidade, como também, em determinadas ocasiões, alugam espaço para brincar, como por exemplo, o Autódromo de Interlagos.

Mercedes-AMG GTS: os veículos AMG possuem motor assinado por engenheiro alemão específico, e são produzidos com cunho artesanal.
Mercedes-AMG GTS: os veículos AMG possuem motor assinado por engenheiro alemão específico, e são produzidos com cunho artesanal. Crédito: Ueliton Santos

Além disso, adquirir uma obra de arte dessas é objeto de desejo e recompensa para muitos. O que reflete na exposição de sua imagem em clubes privados, eventos ou até na sala de jantar da sua residência, como item inestimável.

Portanto, mesmo sendo realidade para poucos, ainda não restou um arrependido sequer que recusou possuir um automóvel desses no Brasil.

Este texto não traduz, necessariamente, a opinião de A Gazeta.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Mercado Automotivo Carros de Luxo Superesportivo

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.