ASSINE
A jornalista Renata Rasseli cobre os eventos sociais, culturais e empresariais mais importantes do Estado. Sua marca é aliar notícias a tendências de moda, luxo, turismo e estilo de vida

Campanha incentiva a doação de órgãos no ES

Pelo quarto ano consecutivo, o Instituto Unimed Vitória realiza o movimento #QueFiqueDito para sensibilizar a sociedade sobre o tema

Vitória
Publicado em 15/09/2021 às 11h26
Maria Sanz
Maria Sanz é  curadora da campanha #QueFiqueDito. Crédito: Divulgação

Pelo quarto ano consecutivo, o Instituto Unimed Vitória convida a sociedade a uma reflexão sobre a doação de órgãos com a campanha #QueFiqueDito. Com curadoria da designer Maria Sanz, a campanha traz como temática de 2021 a coragem. “Coragem... É quando a força de amor que sentimos por aquilo que genuinamente queremos é maior que a decepção que pode ser causada pelo seu insucesso. Ou, quando a vontade de realizar é maior que o próprio ego”, divaga a artista.

Para dar vida à campanha, o Instituto buscou o talento de quatro tatuadores, que significaram em suas obras a coragem do ato de doar os órgãos. São eles: Ariana Margoto, de Colatina; Cássio Magne, de Vitória; Otávio Guimarães, de Cachoeiro de Itapemirim; e Salissa França, de São Mateus. Ação traz tatuagens autoadesivas como forma de estampar o desejo de salvar vidas. No Brasil, o transplante só acontece com a autorização de um familiar do doador. Por essa razão, aqueles que têm o desejo de doar seus órgãos devem avisar a família.

“A Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), divulgou que houve uma queda de 13%, no primeiro semestre de 2021, na taxa de doadores. Vidas poderiam ser salvas com a doação de coração, pulmão, fígado, pâncreas, rim, córnea, ossos, músculos e pele. Precisamos conscientizar cada vez mais pessoas para que essa realidade se transforme”, salienta o diretor-presidente da Unimed Vitória, Fernando Ronchi.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Unimed Vitória Doação de orgãos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.